Publicidade

sexta-feira, 27 de julho de 2012 Liverpool | 16:37

Caminho sem volta

Compartilhe: Twitter

O Liverpool fez apenas dois amistosos na pré-temporada, com nove desfalques e sem estrear nenhuma contratação, porém já esboça uma nova identidade. O empate por 1 a 1 com o Toronto e a derrota por 2 a 1 para a Roma dizem mais sobre o comportamento do que sobre o real nível do time. Mesmo recheada de garotos e com 11 substituições nas duas partidas, a equipe evitou lançamentos longos e tentou chegar à área adversária trocando passes. Embora a mecânica das infiltrações precise melhorar, o técnico Brendan Rodgers elogiou a assimilação da filosofia pelo grupo.

Rodgers ganhou elogios do capitão Steven Gerrard

Jogar dessa maneira não é necessariamente algo positivo. Como qualquer outra ideia de futebol, o tiki-taka está fadado ao fracasso se não houver jogadores que se adaptem a ele e façam-no funcionar com eficiência no ataque e segurança na defesa. Para colocá-lo em prática, Rodgers tem o apoio irrestrito da diretoria, que até tirou a pressão pelo top four e colocou o projeto à frente dos resultados imediatos.

Por outro lado, o elenco do Liverpool tem diversos problemas, pois foi montado a peso de ouro para abusar de lançamentos longos e transição rápida (nada explica isso melhor do que as contratações de Andy Carroll e Charlie Adam). Após a maioria dos reforços fracassar e a gestão Kenny Dalglish terminar dois anos antes do previsto, o clube tenta caminhar na direção oposta. Rodgers não está lá por acaso. A diretoria foi aconselhada por vários “consultores”, que apontaram o nome do ex-técnico do Swansea.

Como não pode revolucionar o elenco de uma hora para outra, o treinador norte-irlandês se apega a quem ele conhece. A única contratação do Liverpool até agora foi Fabio Borini, que trabalhou com Rodgers na base do Chelsea e no Swansea. O jornalista inglês Michael Cox fez uma comparação interessante sobre a relação entre o técnico e o atacante italiano, que representa para Rodgers o mesmo que Pedro Rodríguez significou para Pep Guardiola no Barcelona. Em suas entrevistas, Borini costuma ressaltar a amizade deles: “sempre trocávamos mensagens de texto na temporada passada”.

Borini tem um quê de Pippo Inzaghi na hora de comemorar gols

Além de Borini, o Liverpool se interessou ainda por outros dois ex-pupilos de Rodgers no Swansea: Gylfi Sigurdsson, que preferiu o Tottenham, e Joe Allen, por quem o clube segue negociando. Em tese, Allen seria a contratação para servir de base para o novo time. Aos 22 anos, ele tem aproveitamento de passe similar aos de Xavi e Iniesta (muito em função do estilo adotado pelo Swansea), cobre boa parte do campo e tem melhorado como ladrão de bolas. Em síntese, é um projeto, ainda não finalizado, de Luka Modric.

Retomando os amistosos, foi interessante ver a participação de alguns garotos. O mais famoso é Raheem Sterling, tratado há bastante tempo como a grande promessa da base do Liverpool. Ele foi bem e chegou a participar de um gol (marcado por outro garoto, Adam Morgan), mas quem mais impressiona é Jesús Saez, o Suso. Titular da Espanha campeã europeia sub-19, Suso mostra maturidade e classe aos 18 anos. É um meia criativo, para ser observado com muita atenção.

Outro ponto é a consistência tática. Mesmo com ausências que não permitiram projetar a equipe para a temporada, Rodgers aplicou o 4-3-3 em cada um dos 180 minutos contra Toronto e Roma. O novo treinador dá sinais de que, para o bem ou para o mal, vai com suas convicções até o fim. Amanhã, o amistoso com o Tottenham (que em breve será assunto por aqui) em Baltimore, nos Estados Unidos, deve ser um teste proveitoso, com um time menos desfalcado e um rival direto, também em transição.

Autor: Tags: ,

4 comentários | Comentar

  1. 24 Thiago André 30/07/2012 11:24

    Pra mim depende muito quando o assunto é defesa adiantada, na minha opinião só dá pra usar essa estratégia quando se tem uma defesa rápida, caso contrário vai ter de depender do posicionamento perfeito dos defensores pra que dê certo (muito difícil). Carragher / Skrtel e Agger não são dos mais rápidos, Coates já é um pouco mais, porém não transmite tanta confiança como os outros.
    Se o problema do Liverpool é dinheiro, faz igual ao seu rival Everton contrata por empréstimo ou custo zero. O Campeonato Italiano está falido então creio eu ser uma boa alternativa, você vê por exemplo o bom jogador Nelson Oliveira que deve ser emprestado ao Deportivo… e por aí vai.

    Responder
  2. 23 Wallace Felix 28/07/2012 23:15

    a base dos Reds não é de se jogar fora não…logico que para subir os garotos o time precisa estar bem, e não numa gangorra que nem o Liverpool estava nos últimos anos…
    Daniel acho que o unico jogador da base Red que não vem bem nos últimos anos e tinha muito potencial é o Dani Pacheco, claro que teve poucas chances e teve azar de subir para o time principal logo na queda do Liverpool em 2010, mas ele até hoje nunca foi bem!

    Responder
    • Lucas Menezes 29/07/2012 3:16

      tenho a mesma indagação… sempre foi destaque na base, mundiais, euro’s, etc, etc. E nem chances no Rayo Vallecano recebeu…

  3. 22 Luiz Souza 28/07/2012 19:44

    Eu vejo o Liverpool da mesma forma que o Spurs hoje na mão do AVB.

    Tentando de qualquer forma jogar com defesa adiantada.

    Tomou vários momentos de sufoco contra o Galaxy por jogar desta forma.
    Falta ainda entrosamento, mas Kabul, Vertoghen, Dawnson, não parecem ser zagueiros desta característica.

    Responder
  4. 21 Pedro Paes 27/07/2012 21:05

    Daniel, parabéns pelo blog, cara. É, sem dúvida, a melhor fonte sobre o futebol ingles na internet tupiniquim. E os links que você também são muito bons. Esse do MIchael Cox foi espetacular.
    Parabéns mesmo.

    Responder
    • Daniel Leite 28/07/2012 11:16

      Valeu, Pedro :)

  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios