Publicidade

segunda-feira, 24 de setembro de 2012 Premier League | 09:36

Conclusões da rodada (V)

Compartilhe: Twitter

Rótulos. Na Inglaterra, manchetes relativas ao Liverpool costumam falar em poor start e relegation zone. Sim, é verdade que os números são constrangedores e deixam o clube na zona de rebaixamento. Mas a situação é ainda administrável para quem pretende, bem além de atingir determinada posição na tabela, reconstruir-se. Na derrota de ontem para o Manchester United, assim como nos empates com Manchester City e Sunderland, a equipe deu vários sinais de que (embora vá sofrer nesta temporada) está no caminho certo para o longo prazo.

A introdução de garotos como Sterling e Suso é precoce e decorrente do elenco curto, que ainda tem deficiências sérias por conta de um mercado de verão “incompleto”, mas eles têm justificado cada voto de confiança. Na temporada passada, o Liverpool não era nada. Hoje, ao menos, é o time do futuro. Torcedores e diretores precisam ser racionais para não julgar Brendan Rodgers antes da hora. Por enquanto, o trabalho é “ruim” somente para quem prefere repercutir os números a analisar os jogos.

Atenção! Ben Arfa vai criar uma jogada

Arsenal. A ótima atuação no empate fora de casa contra o Manchester City resume perfeitamente o que tem sido a temporada do Arsenal, que aproveitou a saída de van Persie, de quem dependia demais, para se fortalecer coletivamente. A defesa evoluiu com a chegada do assistente Steve Bould, ex-zagueiro do clube, e sofreu apenas dois gols em cinco partidas na liga. Diaby e Cazorla oferecem, respectivamente, força e criatividade a um meio-campo que ainda deve ganhar Wilshere em breve. Jogadores antes inseguros (sobretudo Jenkinson, Gibbs e Gervinho) também subiram seu nível. Quando (se) Giroud engrenar, o Arsenal pode sair da pasmaceira das últimas temporadas.

Ben Arfa. Foi cinematográfica a assistência de Ben Arfa a Demba Ba, no único gol da vitória do Newcastle sobre o Norwich. Com visão e habilidade notáveis, o francês está no mesmo nível dos playmakers dos candidatos ao título. Quando o talento domou o temperamento, na temporada passada, Ben Arfa tornou-se titular absoluto do Newcastle e, desde então, sempre ofereceu gols e assistências, alguns espetaculares.

Everton. Após cinco rodadas, mesmo não sendo o líder, é o time que melhor jogou no campeonato. Não é teoricamente candidato ao título porque devem faltar consistência e opções de elenco em algum ponto da temporada, mas o que comentamos aqui há seis dias confirmou-se no sábado, com a vitória por 3 a 0 sobre o Swansea, fora de casa.

Southampton. A goleada por 4 a 1 sobre o Aston Villa, primeira vitória dos Saints no campeonato, mostrou todo o potencial de ataque do time de Nigel Adkins. As quatro derrotas iniciais não traduziram fielmente o nível da equipe; apenas expuseram os problemas defensivos, graves. O Southampton tem vocação muito ofensiva, com laterais (Clyne, que marcou gol, e Fox) e volantes (Schneiderlin e Davis) que apoiam melhor do que marcam. Enquanto Ramírez e Lambert criam e aproveitam oportunidades, a defesa exposta oferece chances aos adversários. Quer ver gols? Assista a jogos do Southampton.

Autor: Tags: , , , ,

5 comentários | Comentar

  1. 25 Claudio Roberto 25/09/2012 14:13

    Sem clubismo….
    Penalti muito bem marcado….se bem que o Valencia ficou 200 anos para decidir o que fazer com a bola….
    E a expulsão do shelvey, foi mais justo do que o penalti, ele mesmo pediu desculpa ao Evans no Twitter.

    Quanto ao Liverpool, o trabalho está começando, mas tem que ganhar, se não as ultimas posiçoes vao incomodar o trabalho.

    City nunca será nada…nas maos de Mancini, alias irão ganhar titulos pelo conjunto do elenco e não por parte tatica.

    Ben Arfa, na minha visão só foi bom no FM2004

    Everton, Moyes faz um excelente trabalho, mesmo vendendo alguns jogadores que se estivessem nesse elenco de hoje, daria muito mais qualidade ao clube.

    Southampton….mereceram a vitoria…e o Aston Vila ta pedindo para cair…

    Responder
    • Claudio Roberto 25/09/2012 17:43

      Ah com certeza deixaria seguir o lance…se compararmos o lance que o Gum do Fluminense deu um strike no jogador do Náutico e nem falta foi…kkkk ai sim eu concordo que nao foi penalti, agora se eu comparar o lance no qual foi marcado um penalti para o Corinthians…contra o Botafogo..ai a gente ficará sempre na eterna dúvida.

      Mas para os padroes ingleses, eu admito que foi um penalti exagerado.

    • Felipe Oliveira 25/09/2012 16:33

      Pra quem acompanha futebol inglês a mais tempo sabe que isso nao é falta, pelo que vi o Valencia demorou pra decidir o que fazer e a zaga chegou em cima, foi ai que ele perdeu o equilibrio, até no Brasil o juizão deixaria o lance seguir.

    • Claudio Roberto 25/09/2012 14:56

      Felipe….vc pode ter razão..perguntei para 5 pessoas na internet e todos disseram …penalti claro…
      Claro que para os padores ingleses eu me surpreendi …mas eu acho que ele foi deslocado sim, afinal ele teve o tempo para fazer o que quiser,m passar, chutar…e nao caiu dobrando os joelhos.

    • Júnior 25/09/2012 14:32

      Sem clubismo? kkkkkkkk, com muito clubismo vc quis dizer né. Só vc acha que a arbitragem foi normal e que o Ben Arfa joga nada.

    • Felipe Oliveira 25/09/2012 14:17

      Só os torcedores do United acham que foi penalty, pode perguntar qualquer um ai pra vc ver. hahaha

  2. 24 Wallace Felix 25/09/2012 10:37

    Daniel voce poderia citar que o Liverpool foi furtado em pleno Anfield…Shelvey não era para ser expulso e aquilo não é penalti nem aqui, nem na China…

    Responder
    • Daniel Leite 25/09/2012 14:07

      Foi bem prejudicado mesmo, o que apenas valoriza a atuação.

  3. 23 Felipe Oliveira 24/09/2012 14:54

    Entra ano, sai ano e o United sempre tem aquela ajudinha, lembro da reestreia do Kenny Dalglish e teve a mesma coisa, um jogador até postou no twitter a foto do arbitro com a camisa dos Red Debils hahaha genial. Mas o Liverpool jogou muito bem, eu detestava assistir os jogos quando o tecnico era o Benitez, futebol feio demais, mas agora estao um pouco parecidos com o Arsenal, mais posse de bola e toques rapidos, bem agradavel assistir, com certeza assistirei outros jogos, desde que seja na ESPN, pq Fox Sports ninguem merece.

    Já City x Arsenal, deu pra ver bem o medo eterno que o time de azul tem dos Gunners, mesmo sendo atual campeão e jogando em casa, eles não mudam a postura, se defendendo e saindo nos contra-ataques, Arteta dominou o meio campo, mas sempre aparecia um Gervinho para atrapalhar as jogadas, teve lance que ele fez falta no Ramsey, tamanha fominhagem pela bola, ai o Manone aprontou mais uma e o City recuou ainda mais, azar o deles é que tinhamos o Koscielny antecipando tudo e marcando Aguero, Tevez e quem mais aparecia pela frente, pra coroar ainda fez o gol de empate, não entendo pq ele é banco, foi o melhor zagueiro da equipe na temporada passada. Dos males o menor, empate contra o campeão na casa deles.

    Os outros jogos verei hoje, Match Of the day 2 já está no meu HD.

    Responder
    • Felipe Oliveira 26/09/2012 10:22

      Mas o Mertesacker no alto tira tudo, problema é no chão.

    • Daniel Leite 25/09/2012 14:09

      Concordo sobre Koscielny. É o melhor parceiro para Vermaelen.

  4. 22 Rodrigo 24/09/2012 10:25

    Agora os meus pitacos: Swansea – as duas primeiras rodadas foram enganosas, não é sempre que vão golear seus adversários, e percebi que há limitações técnicas na defesa. Não deve cair, mas provavelmente não ficará entre os 8 como vinha prometendo. Tottenham – Não vi o jogo, mas sei que o AVB inventou de colocar o Bale na LE e o time passou sufoco em casa contra o QPR. Ao menos ganhou, e podem ter tranquilidade para continuar o trabalho. Dizem que o Júlio César fez outra grande exibição, esse time acho que ainda vai engrenar e dar trabalho. West Brom – grande surpresa até aqui. Steve Clarke em trabalho solo indo muito bem, ainda não vi nenhum jogo do time, mas de interessante podemos dizer que é uma ótima chance pro Lukaku deslanchar na EPL e voltar bem pro Chelsea, que sofreu demais pra ganhar do Stoke em casa…o time vai mostrando deficiências que o deixam atrás da dupla de Manchester na briga pelo título, e o Di Matteo vai ter que “matar um leão por dia” para mostrar que é capaz de treinar os Blues, pois se empatasse ia começar a sofrer pressão.

    Responder
    • Daniel Leite 25/09/2012 14:11

      Sobre o Swansea, há também uma renovação repentina demais no meio-campo, com quatro titulares (Ki, De Guzmán, Michu e Pablo) recém-contratados.

  5. 21 Rodrigo 24/09/2012 10:11

    Liverpool foi valente, mostra sinais de evolução mas perdeu por detalhes…expulsão de Shelvey, pênalti inexistente, superioridade técnica do Manchester United. Convenhamos que a tabela inicial do Liverpool é bem ingrata, já pegou 3 grandes em 5 jogos e 2 times encardidos fora. Arsenal como time de fato mostrou uma evolução coletiva, mas ainda possui deficiências cruciais que o impedem de brigar por títulos…falta goleiro, Gervinho é uma espécia de Mirandinha na EPL devido sua burrice ao concluir jogadas e Giroud aparenta ser grosso demais, espero que isso seja por ainda não estar à vontade no Arsenal. Ben Arfa é excelente jogador, quando está focado, é jogador de altíssimo nível…o curioso no Newcastle é a fase dos atacantes senegaleses: temporada passada no 1º turno, Demba Ba era o cara (Cissé ainda era do Freiburg); 2º turno o Cissé chegou, virou o artilheiro enquanto o Ba parou de fazer gols (até por ter que jogar mais aberto). Agora na atual temporada, o Ba voltou a ser o artilheiro enquanto que o Cissé está com dificuldades para balançar as redes, até perdeu pênalti ontem.

    Responder
    • Rodrigo 24/09/2012 10:18

      Continuando…o Everton melhorou em duas coisas acredito eu: parece ter achado boas opções na frente com Jelavic e o Anichebe aparentemente deslanchando. E outro ponto é a melhora no meio campo com a saída do decadente Cahill que vinha se arrastando para a entrada do ótimo Pienaar que reencontrou seu bom futebol. Vai brigar por competições européias, aproveitando a má fase do Liverpool. Southampton do meio pra frente é um time muito bom, com uma linha ofensiva que não deve em nada se comparando com times médios. Problema é na defesa que tem muitos jogadores nível Championship, incluíndo o goleiro Davis e o zagueiro Fonte, mas pelo menos anunciaram o experiente Boruc pra meta, vai melhorar o nível do time.

  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios