Publicidade

segunda-feira, 8 de outubro de 2012 Man Utd, Newcastle | 15:22

À italiana

Compartilhe: Twitter

Formações iniciais em Newcastle 0 x 3 MU

A vitória por 3 a 0 sobre o Newcastle, em St. James’ Park, marcou a melhor atuação do Manchester United na temporada. O conjunto de Alex Ferguson contou com dois gols a partir de escanteios para decidir o confronto, mas o placar foi mais um prêmio à pressão exercida nos primeiros minutos do que uma casualidade. No início da partida, o United flertou com 80% de posse de bola.

Ferguson buscava exatamente isso quando montou o time no 4-3-1-2, com um losango (ou diamante) à italiana no meio-campo. Foi a primeira vez que o United atuou assim no campeonato, mas a formação já havia sido testada nos confrontos contra Newcastle, na Capital One Cup, e Cluj, na Champions League. Ao site do clube, o treinador apontou a possibilidade de o diamante ser utilizado com alguma frequência nesta temporada.

O 4-3-1-2 dá certo no United, mas vale sempre lembrar que uma formação é “melhor” do que outra apenas em determinados contextos. O losango no meio-campo passa a ser uma alternativa em Old Trafford porque permite a Ferguson escalar Kagawa, Rooney, van Persie e, quando for o caso, um atacante extra ao mesmo tempo. Além disso, a falta dos pontas tem sido compensada pelos avanços do lateral-direito Rafael, que, apesar das peripécias nos Jogos Olímpicos, começou muito bem a temporada.

RvP e Kagawa oferecem novas opções

Ainda assim, há outros pontos a considerar. A opção pelo diamante tem a ver também com a trágica atuação em St. James’ Park na temporada passada, quando o United foi derrotado por 3 a 0 numa partida completamente dominada por Tioté e Cabaye. Desta vez, o United mandou prender e soltar no centro do meio-campo e correu riscos pelas laterais, de onde vários cruzamentos abasteceram Ba e Cissé, sobretudo no início do segundo tempo.

O sucesso no jogo de ontem também está relacionado à fragilidade do Newcastle, que teve Harper, Santon, Perch, Williamson e Ferguson, ou seja, quatro reservas na defesa, um enorme prejuízo para Alan Pardew. Além disso, os pontas dos Magpies, Ben Arfa e Gutiérrez na formação inicial, não costumam atacar tanto os laterais adversários. Pontas mais agressivos causariam mais danos. Há menos de uma semana, houve uma partida em que o time que explorou as laterais dominou aquele que concentrou seus jogadores na faixa central: Porto 1 x 0 PSG.

As atuações recentes incentivam Ferguson a utilizar o losango outras vezes, mas essa opção certamente não é definitiva. Por exemplo, uma peça fundamental para o United nas últimas temporadas não se adapta tão bem a esse esquema: Antonio Valencia, em tese, precisa jogar pela faixa direita do campo. Muito além de apenas uma formação, a capacidade de variar seu estilo de jogo passa a ser a grande arma do Manchester United.

Autor: Tags: , , ,

3 comentários | Comentar

  1. 23 Claudio Roberto 09/10/2012 10:28

    Sempre achei a defesa do Magpies fraca, acho que é um setor que eles tem que investir, ou pescar novos valores..

    United vem melhorando.

    Responder
    • Rodrigo 09/10/2012 10:40

      Tinham a chance de pegarem Douglas (não dou sorte quando vejo ele jogar, sempre faz m…) e Debuchy. Mas aí ficaram com Perch e Santon. :(

  2. 22 Luiz Souza 08/10/2012 17:32

    United hoje tem variação tática que pode ser usada pelo SAF quando ele precisar mudar o estilo de jogo.

    Acredito que um padrão deve ser seguido, mas que se tenha “cartas na manga” para uma eventual surpresa.

    Rooney jogou tudo e mai um pouco ontem, defendeu, atacou, criou jogadas de gol.
    SAF parece ter achado a posição para que ele jogue junto com RVP.

    Não gostei muito do Kagawa pela ponta, ele rende muito mais como central, mas de central Rooney deitou e rolou ontem, uma troca de posições durante a partida pode suritir efeitos desejados.

    Spurs começa a engrenar, e faze lembrar que 4 pontos disperdiçados com dois empates nos minutos finais fariam o time estar mais bem colocado.

    Arsenal mostrou força e principalmente os novos contratados jogaram muito bem. Giroud, Podolski e sempre ele Carzola mandando no meio campo.

    Responder
  3. 21 bel 08/10/2012 17:22

    O United se fez na péssima defesa do Newcastle. Mas nem tudo são flores.
    O De Gea por exemplo tava que tava,mostrou que ainda tem dificuldade pra sair do gol. Em vários momentos ele passou no vazio quando haviam cruzamentos que ele deveria cortar!
    Pra mim ele deve ser banco do Lindegaard.

    Responder
    • Claudio Roberto 09/10/2012 12:45

      Lindegaard é um cara de sorte,…
      Acabou de arrebenta os ligamentos, nao entendi se é na mao ou joelho…
      deve ficar fora da temporada de novo

      Mais um Injury Prones….

  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios