Publicidade

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013 Copas Europeias, Man Utd | 15:59

Real Madrid x Manchester United

Compartilhe: Twitter

O confronto entre Manchester United e Real Madrid é a típica ironia de sorteio da UEFA Champions League. Segundo colocado no grupo do United, o Galatasaray enfrenta nas oitavas de final um Schalke 04 em péssima fase. A Alex Ferguson, as bolinhas reservaram José Mourinho e Cristiano Ronaldo. Mesmo que a liderança da chave não tenha sido recompensada com um adversário simples, ninguém reclamou da sorte. Certamente é a partida que todos querem jogar, ainda que precocemente.

É improvável que a crise de vestiário do Real Madrid facilite o confronto. À parte algumas atuações tétricas na liga espanhola, as últimas semanas mostraram que, quando concentrado, o time de Mourinho pode destruir bons oponentes. Ainda em janeiro, o Valencia levou 5 a 0 em casa, com todos os gols no primeiro tempo. No sábado, um brilhante Cristiano Ronaldo garantiu 4 a 1 sobre o Sevilla.

Embora a temporada do United indique que o ataque sempre compensa as falhas da defesa, o caminho para sair vivo do Santiago Bernabéu passa por esperar e não oferecer espaço para as transições rápidas do Real Madrid. O quarto gol contra o Sevilla foi a perfeita demonstração de como o contra-ataque madridista é letal e não deve ser permitido. O time da Andaluzia cobrou falta no campo de ataque e, exatamente 15 segundos depois, sofreu o gol. Ronaldo iniciou e concluiu a jogada.

Possíveis escalações. Base do United é a formação utilizada contra o Tottenham, em 20 de janeiro, com Rooney no lugar de Kagawa

Aliás, Ronaldo não pode ser marcado apenas por Rafael. Ferguson teve esse cuidado quando enfrentou Bale, na visita ao Tottenham há três semanas. Para evitar a exposição do lateral brasileiro às arrancadas do galês, Phil Jones, o quebra-galho do elenco, foi escalado no meio-campo e dobrou a marcação sobre Bale. A tendência é que ele repita o expediente em Madrid. Não à toa, havia certa apreensão sobre a condição física de Jones, substituído por precaução na última rodada da Premier League. Contra o Tottenham, deu certo. Na quarta-feira, pode sobrar espaço para outros jogadores decisivos – daí a importância, por exemplo, de Carrick no combate a Özil.

Outra peça-chave para o United é Rooney, que deve ligar contra-ataques, abastecer van Persie e eventualmente finalizar. A versatilidade do número 10 oferece flexibilidade à equipe. Ferguson pode orientá-lo a incomodar Xabi Alonso, sua função habitual, ou mesmo a fechar o lado esquerdo, como aconteceu no fim de semana contra o Everton. No entanto, sem esquecer a necessidade de marcar gols em Madrid, é fundamental que Rooney sempre se aproxime da área quando o United tiver a bola.

Como o Real Madrid contra-ataca sem piedade, é praticamente questão de sobrevivência para o United um placar aceitável no Santiago Bernabéu. A eliminação de dez anos atrás (vitórias do Real por 3 a 1 em Madrid e do United por 4 a 3 em Manchester, com hat-trick de Ronaldo Fenômeno), mesmo com personagens diferentes, serve de lição: quando você tem de correr atrás do resultado, sempre haverá um Ronaldo do outro lado para derrubá-lo.

Página do blog no Facebook

Autor: Tags: ,

4 comentários | Comentar

  1. 24 Luiz Souza 14/02/2013 16:35

    Será mesmo que foi isso que aconteceu ?

    http://espn.estadao.com.br/noticia/309973_sneijder-inter-nao-me-deixou-ir-para-o-manchester-united

    Responder
    • bel 14/02/2013 18:36

      Sei não hein…recusar 20 milhões de euros assim? O máximo que pode ter acontecido foi a Inter dizer que queria bem mais do que isso.
      E também o Sneijder ficou foi fazendo doce. Quem não lembra daquela conversinha fiada dele de “Estou feliz aqui,quero ficar,mas se o clube me negociar nada poderei fazer”?
      Na época ele não fazia questão de ir pro United,mas agora que ele está num time com bem menos pompa,bateu o arrependimento.

  2. 23 bel 13/02/2013 20:13

    Bom,só posso dizer que o jogo de hoje apenas foi o suficiente. Acredito que mesmo com a postura defensiva que apresentou (principalmente no segundo tempo) o United poderia ter ganho não fosse a falha da defesa. Por falar em defesa,o Rafael continua tremendo de medo de adversários difíceis. Rooney o ajudou muito hoje.
    O empate foi bom hoje mas é interessante lembrar que em Old Trafford os Red Devils não podem se dar a esse luxo.
    Alguém viu Celtic x Juve? Os pobres escoceses bem que tentaram mas time que não tem ataque não faz gol e nem precisa dizer que a Juve nem precisou fazer força. 3×0 e presença nas quartas garantida.

    Responder
    • Luiz Souza 14/02/2013 14:57

      Pra mim ontem já foi bom demais o empate e com gols.

      No Bernabeu o único time que joga pra frente lá é o Barcelona e mesmo assim empatou no ultimo confronto com o Real lá em 1×1.

      Ou seja o United fez bem sim.
      Teve chances de ganhar como teve também de perder.
      Ontem De Gea foi goleiro de time grande, começou mal e depois foi o melhor em campo.
      Rafael também começou mal mas depois se acertou.

      Interessante que o empate em 1×1 é perigoso para jogar em casa, dúvido muito que o Real passe em branco, um novo empate em 1×1 levaria para prorrogação e penaltis.
      Não duvidaria desta possibilidade.

      Sobre o Celtic, foi até onde deu, Juventus é mais time, jogando com os titulares é um time muito forte na parte defensiva, pois conta com Chielini e Vidal. E possui um craque que é o Pirlo.

      Se der sorte no sorteio e pegar um PSG por exemplo pode chegar nas Semi.

    • Claudio Roberto 14/02/2013 9:00

      É Bel, não da pra jogar de igual para igual com o Real, ainda mais no Bernabeu.
      Rafael eu umas vaciladas feias, principalmente com Ozil, e o gol apesar de que nao dava pra disputar, porque ali é posicionamento e intuição, na hora do Cruzamento o CR7 nem demora pra subir, igual ele subiu, me lembrou mto o gol da final de 2008.
      Após o resultado de ontem, o post do Daniel esta perfeito.

      Celtic, j´tinha entrado na sorte, é um time aguerrido sem bons jogadores, saudades da epoca que o time tinha Larsson, um atacante de verdade….

      Pra mim a Juve nem é tudo isso, e dependendo de quem pegue nas quartas, pode até pintar em uma semi final.

  3. 22 Luiz Souza 13/02/2013 10:00

    Welbeck, certamente não vai na ponta.

    Valencia ou Nani vão por ali.
    Acredito que ele escale Valencia na ponta por ser mais marcador.
    Da mesma forma que o Real é mortal nos contra-ataques, será necessário somente duas bolas pro Van Persie o jogo todo.

    Se conseguirem criar duas chances ele guarda uma pelo menos, o interessante do confronto é fazer gols no Real lá. Pelo menos 1×1 já é um grande resultado.

    Finalmente Ferdinand e Vidic voltam a jogar juntos, com os dois na zaga, volta a ter a muralha na zaga.

    Hoje será um jogaço !

    Responder
    • Claudio Roberto 13/02/2013 10:13

      Relembrar essa formação é boa, mas o Daniel talvez tenha esquecido de que, o United não jogou nada nessa partida, alem de marcar bem os Spurs , o time pouco criou, e tomou um aperto no final do jogo.

      formação por formação, eu prefiro a vitoriosa que venceu o City, onde o time atacou e foi atacado, hj com Ferdinand e Vidic estamos mais protegidos.

      melhor resultado para o United seria uma vitoria de 2×1 .

      Uma derrota por um golde diferença desde que seja 2×1 em diante, tbm temos chances, fora isso, os Merengues levam a vaga… 0x0 tbm é muito arriscado.

  4. 21 Claudio Roberto 12/02/2013 20:02

    Tambem acho que ele vai entrar com o Jones no meio, mas o Welbeck nao deverá ser titular e se jogar nao deverá ser pela direita…Valencia ou Nani devem jogar por ali, Young esta relacionado para o jogo…

    Sorteio nao tem dado muita sorte ao United ultimamente, vide a FA CUP ano passado, com City e Liverpool como adversarios e fora de casa ainda…

    SAF nao tem mania de marcar o melhor do time adversario, veja só Messi na final da UCL e aquele meio campo suicida…mas claro que ele deve como obrigação ter uma atençao em cima do CR7…

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios