Publicidade

sábado, 9 de março de 2013 Liverpool, Tottenham | 16:42

Bale x Suárez

Compartilhe: Twitter

Nos primeiros meses da temporada, Gareth Bale e Luis Suárez eram criticados por conta dos excessivos “mergulhos”, que ocupavam mais páginas de jornal do que o talento deles. A dupla não perdeu repentinamente o hábito de tentar ganhar faltas, mas a discussão agora é bem mais relevante. Com a queda recente de Robin van Persie, que precisa descansar (não participou de apenas duas partidas da liga até agora), a sensação é de que o galês e o uruguaio disputam, sem outros rivais, o prêmio de Jogador do Ano na Inglaterra.

Pedigree galês

Disputam o prêmio e têm “confronto direto” amanhã, às 13h de Brasília, quando o Liverpool receberá o Tottenham. O melhor cabo eleitoral de Bale, que levou o prêmio há dois anos, é a brilhante campanha dos Spurs, na terceira posição e em curva ascendente. O time de AVB só melhora, e a influência do galês sobre essa evolução é inegável. Bale marcou 10 dos últimos 15 gols do Tottenham e resgatou a fase do segundo semestre de 2010, com direito a números melhores e sequências mais consistentes de ótimas atuações.

No entanto, é injusta a referência ao Tottenham como one-man team. Além dos outros destaques individuais (Vertonghen e Dembele, por exemplo, foram excelentes contratações), as virtudes coletivas ajudam Bale a brilhar. Não é coincidência que o melhor momento dele seja simultâneo ao amadurecimento do trabalho de AVB. O galês de fato decide jogos, mas a equipe permite que isso aconteça mais frequentemente.

Como escreve Jonathan Wilson, a formação mais compacta dos Spurs beneficia o número 11, que sempre tem diversas opções de passe. Geralmente, essas opções ocupam os defensores adversários, e o galês ganha espaço para decidir por conta própria. Não por acaso, Bale marca tantos gols, mas tem apenas uma assistência no campeonato. Vale lembrar que o Tottenham passou por uma crise no ataque enquanto Adebayor estava na Copa Africana de Nações, e Defoe tinha problemas físicos. Bale resolveu.

El Pistolero

Há algum tempo, o craque de 21 gols na temporada era tratado como possível moeda de troca para contratar Stewart Downing e, acredite, defensor flop. Mas, quando falamos de progresso, não podemos esquecer Suárez. A genialidade do uruguaio é conhecida desde a época de Ajax, porém esta é a primeira temporada da Premier League em que ele consegue associá-la a uma eficiência espantosa. O número 7 do Liverpool, impreciso até o ano passado, já ganhou dois troféus de artilharia em 2012-13: foi o primeiro a marcar 10 e 20 gols (foto ao lado). Hoje, é o goleador da liga com 21 (são 28 por todas as competições).

Suárez é perfeito para o sistema de Brendan Rodgers, mas as condições oferecidas a ele não eram as ideais na primeira metade da temporada. Mais adaptado a circular pelo campo com liberdade, o uruguaio foi o único atacante saudável do Liverpool de setembro a janeiro e teve de ser referência. Em algumas rodadas, o 4-3-3 (às vezes 4-2-3-1) de Rodgers tinha nas pontas Sterling e Suso, dois talentos, mas que estavam na academia de formação dos Reds até o ano passado. Suárez assumiu a responsabilidade e atingiu um status que, entre jogadores não formados em Anfield, é incomparável nas últimas duas décadas.

Agora é diferente. Com as contratações de Coutinho e Sturridge, Suárez atua como “número 10”, pode explorar sua criatividade sem deixar de finalizar e sempre tem opções de passe que dão sequência a suas jogadas. Não à toa, o Liverpool melhorou. Mesmo que, em situação mais favorável, ele tenha sido brilhante nas últimas rodadas, é impossível afirmar que este é o melhor momento do uruguaio. Não há melhor momento: a temporada inteira é fantástica. Em relação a Bale, no campeonato, Suárez marcou mais gols (21 x 16), tem mais assistências (6 x 1) e criou mais chances (78 x 57). Por enquanto, é o Jogador do Ano.

Página do blog no Facebook

Autor: Tags: , , ,

5 comentários | Comentar

  1. 25 Claudio Roberto 13/03/2013 19:46

    Ah Arsenal, se nao tivesse jogado tao mal em casa e nao tivesse levado 2 gols sem vergonha..
    Ahh, Juiz………

    Por favor…qualquer confronto eu aceito, menos, Malaga x Galatassaray!!!!

    Responder
    • Claudio Roberto 14/03/2013 10:21

      E os espanhois quase colocaram os 4, entr os 8 melhores, Shalke nao passou de pura vacilanda, se nao seriam 3 times, a sorte da Inglaterra no Coeficiente é que unico time de la que da resultado é a Juve.
      Sinceramente, aqui nao é o topico pra isso, mas os times ingleses só nao avançaram por acidentes, só nao pode virar frequencia, o City tem elencomto melhor que Malaga, PSG e Galatassaray.
      United nao passou por causa do Juiz, chelsea, vacilou, mas se o sorteio tivesse ajudade tambem estaria pelo menos nas oitavas, e o Arsenal, ontem aconteceu o que eu esperava do time, eu nao contava eracom o vareio que eles tomaram no 1º jogo.

    • Rodrigo 13/03/2013 21:28

      Galatasaray é um time bem legal. Ainda mais com Drogba.

    • bel 13/03/2013 20:46

      Pois é…infelizmente não temos mais ingleses na UCL.

  2. 24 Carlos Alberto Guimarães de Sá 12/03/2013 20:01

    Não ha necessidade de falar de Messi, pois ele é, sem propagandas ou cabelo louro, com toda a humildade que lhe é peculiar, 2000 mil anos melhor que o Neymar. Não falo pelo coração e nem pela emoção, mas falo razão. Depois do Pelé, ele é o gênio, o maestro do futebol e até parece que já nasceu jogando futebol. Quanta humildade, quanta genialidade, quanta ética e respeito, que belo jogador de futebol.

    Responder
  3. 23 Roberto Junior 11/03/2013 18:35

    Perguntinha: Phillipe Coutinho, embora de porte físico longe do estilo “futebol inglês” se adaptou muito bem no Liverpool. Seria indício de que Neymar também poderia fazê-lo?

    Abraço!

    Responder
    • Claudio Roberto 14/03/2013 10:15

      joga 1 milhao de reais no lixo….
      e eu aqui querendo ganhar na mega sena, francamente!!!

    • Claudio Roberto 14/03/2013 10:13

      Dahora do Daily Mail, chamou o Robinho de inutil e disseque o milan joga todo mes, 1 milhao de reais.

    • bel 13/03/2013 20:38

      Pra mim o Neymar se for pra Europa vai ser o novo Robinho. E o problema dele não seria só a mania de cair por qualquer coisinha. Eu DUVIDO que ele aceite pegar banco. Diferentemente do Messi,humildade é uma coisa que ele não tem.

    • Daniel Leite 11/03/2013 19:14

      Pode. O problema do Neymar não seria exatamente o porte físico, mas o hábito de cair a qualquer contato. Abraço.

    • Roberto Junior 11/03/2013 18:36

      Esqueci uma vírgula. Imperdoável.

  4. 22 Claudio Roberto 11/03/2013 11:32

    Resultado como o de ontem, é que eu penseo que camisa ainda faz diferença, em alguns casos, em algum post passado eu disse que tottenham, não estava a frente do Arsenal e Liverpool.
    Arsenal se duvidar, ainda tomar essa vaga dos Spurs…

    Responder
  5. 21 Wallace Felix 09/03/2013 18:11

    concordo com tudo…e temporada que vem segura os Reds, nós melhoramos demias e acho que falta ao elenco mais um zagueiro para chegar e jogar ao lado de Agger, e mais um volante para dar descanso a Lucas e Gerrard quando for preciso!
    #GoReds #YNWA

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios