Publicidade

segunda-feira, 13 de maio de 2013 Wigan | 14:58

Copo meio cheio

Compartilhe: Twitter

Na Premier League, a semana do Wigan foi bem negativa. De uma inesperada derrota para o Swansea na terça-feira a uma combinação de resultados que garantiu a permanência na elite a Norwich, Newcastle, Southampton e Fulham, a possibilidade de rebaixamento cresceu bastante. O Wigan ainda depende dos próprios resultados para sustentar o rótulo de incaível, mas precisa vencer o Arsenal amanhã no Emirates (aconteceu na arrancada espetacular da temporada passada) para levar a decisão ao confronto direto com o Aston Villa, na última rodada.

Ainda assim, foi ironicamente a melhor semana da história dos Latics. A inédita conquista da FA Cup, acompanhada de uma categórica vitória por 1 a 0 sobre o Manchester City no sábado, é inesquecível. Além da discrepância entre os níveis de investimento, o City não tinha problemas no elenco – enquanto Roberto Martínez não contava com três titulares – nem desgaste mental comparável ao de um Wigan que perdeu toda a margem de erro a que tinha direito para permanecer na Premier League.

Implacável pelos lados, o 3-4-3 de Martínez aprontou de novo

Os Latics, que tiveram expressivos 48% de posse de bola e finalizaram 14 vezes, mereceram vencer. Martínez foi criativo para superar os desfalques na defesa, anulou os pontos fortes do City (muito mais ligados à qualidade individual do que à estratégia mal-acabada de Roberto Mancini) e não estacionou o ônibus. Ao contrário, decidiu que a melhor maneira de manter o adversário distante de seu gol era brigar pelo controle do jogo em vez de entregá-lo ao Manchester City.

Titular da ala direita durante a temporada, Boyce foi um dos três zagueiros, ao lado de Alcaraz e Scharner, que ocupou o espaço do lesionado Figueroa. Como o reserva de Boyce na ala, Stam, está fora da temporada, Martínez improvisou no setor o volante McArthur, que protegeu o corredor e deixou ao abusado McManaman a tarefa de atacar Clichy. À esquerda, no lugar do também lesionado Beausejour, o treinador espanhol escalou Espinoza, fundamental para oferecer profundidade com Maloney deslocado à faixa central para criar jogadas.

Enquanto o City agonizava, os Latics exploravam o ataque pelas pontas e só não venceram com facilidade por conta da desvantagem técnica em relação ao adversário, pois a execução da estratégia de Martínez se aproximou da perfeição. O Wigan, que costuma ser divertido para quem assiste, mas tem problemas sérios para se defender, desta vez foi preciso e contrariou o clássico roteiro das vitórias de times menores sobre gigantes, sem tantos milagres do goleiro Robles (que foi muito bem quando exigido) e ameaçando Hart em vários momentos.

Amigos para sempre

O Wigan não tem o direito de reclamar dos sorteios da FA Cup, que lhe reservaram apenas dois confrontos contra equipes da Premier League, mas as vitórias na decisão e nas quartas de final, por 3 a 0 sobre o Everton em Liverpool, não deixam dúvidas. O provável rebaixamento colocaria em xeque o futuro do clube, que pode perder Martínez e jogadores-chave (McManaman, McCarthy e os mais experientes Koné e Maloney têm mercado), mas não deve ser tratado como uma tragédia. É, na verdade, o caminho natural para quem investe tão pouco no elenco mesmo em relação a recém-promovidos, como West Ham e Southampton, que contratou Rodriguez e Ramírez no verão e competiu com o Liverpool por Philippe Coutinho em janeiro.

O proprietário Dave Whelan tem mais motivos para festejar. A conquista foi a realização de um sonho que parecia impossível, rendeu uma vaga na próxima Europa League e reforçou os laços entre ele e Martínez, que foi meio-campista do Wigan de Whelan entre 1995 e 2001 e retornou ao clube como treinador há quatro anos. Mesmo que o último capítulo dessa história seja o rebaixamento, que pode deixar o clube em situação difícil, às vezes é preciso valorizar mais as experiências do que o fluxo de caixa. E o que Martínez fez pelo Wigan não tem preço.

Página do blog no Facebook

Autor: Tags: , ,

5 comentários | Comentar

  1. 25 Claudio Roberto 13/05/2013 15:34

    Wigan tem meu respeito, pois ano passado, tirou o titulo do United e esse ano tirou o do City.
    A final, no segundo tempo foi um passeio.

    Taça é taça e vale muito e fica pra historia, mas a Liga Europa ja estava garantida, e acho que muitos trocariam a taça pelo salvamento no rebaixamento.
    O Aston Villa foi ridiculo esse ano e vai se salvar.

    Já o City, vc mesmo Daniel, acabou de escrever o que eu sempre pensei do City.
    Um amontoado de jogadores, e o time vencia sempre na qualidade individual de seus jogadores do que um esquema tatico bem definido…derrota para o SOTON mostrou muito bem isso!!

    Por outro lado, se o igan manter esses jogadores e o espirito competitivo que demonstrou na final, eles sobem tranquilos na temporada que vem.

    Responder
    • Rodrigo 13/05/2013 16:17

      Aston Villa melhorou bem, já merece escapar. Ainda é um time limitado, mas é bem aguerrido, levou azar em muitos jogos e ficou marcado pelos 8 x 0 que tomaram do Chelsea. Sobre o Mancini, já cansei de criticar esse treinador medíocre, e o pior nem é ele ser limitado taticamente, mas sim inventar desculpas esfarrapadas para seus fracassos, ofendendo a inteligência da torcida do City (que de fato é meio burra mesmo para exigir a permanência dele como um grande ídolo). Falou que perdeu a final por falta de reforços, me poupe né.

  2. 24 Fred 13/05/2013 15:51

    Acho que não é só o Nasri que precisa tomar socos.

    Responder
    • Claudio Roberto 13/05/2013 16:06

      É amigo, mercadão de Julho/Agosto promete!!!

  3. 23 Luiz Souza 13/05/2013 17:17

    Se Mancini já estava com a corda no pescoço.
    O Wigan acabou de amarrá-la.

    Wigan o incaível pode na mesma semana fazer história de vez na Premier League.
    Ganha do City no sabado, se ganhar do Arsenal amanhã, praticamente mata as chances de Wenger levar o Arsenal a UCL.

    Vai com 1 ponto de diferença para escapar do rebaixamento, contra o Aston Villa que tbm torce para que o Sunderland perca e ele mesmo perdendo não caia.

    Arsenal x Wigan promete.
    Se o Wigan ganhar, a rodada final para a ultima vaga na UCL e quem vai cair será épica.

    Sobre o City, já especulam Manuel Pelegrinni para assumir o Citzens.
    Um cara que conseguiu levar Villareal e Málaga para semi e quartas de UCL.

    Monta muito bem times com pouca grana, pode fazer bonito na Premier League.
    Caso ele não venha, que seja o Roberto Martinez o técnico do City, o que ele faz com o Wigan se fizer 40% no City é campeão com um pé nas costas.

    Responder
    • bel 13/05/2013 17:50

      Mas não se esqueça que quando ele passou por um time com muita grana (Real Madrid) não conseguiu passar das oitavas na Champions e se não me falha a memória,levou 5 ou 6 do Barcelona.
      Pra mim a diretoria do City vai querer o Mourinho lá.

    • Luiz Souza 13/05/2013 18:08

      Por isso Martinez vira nome para Chelsea ou City.
      Vai depender de quem pagar mais pelo Mourinho.

    • João Pedro 13/05/2013 20:41

      Acho que o clima do Real não é favorável a técnico nenhum.

      Acho que o Pellegrini merece a oportunidade. Quem sabe até mesmo no Arsenal caso o Wigan faça aquilo que todos sabem ser difícil mas não duvidam.

  4. 22 bel 13/05/2013 17:53

    Imaginem se os Gunners perderem essa vaga…será que o Wenger ainda vai ficar lá?

    Responder
    • João Pedro 13/05/2013 20:38

      Acho que uma saída beneficiaria a ambos.

  5. 21 Fred 13/05/2013 23:11

    Que dança das cadeiras na Inglaterra.
    United, Everton, City, Chelsea e chuto mais 2 times trocarão de técnicos.

    Acharia engraçado Mourinho no City. Queria ver como seria a recepção pelos Blues.

    Responder
  6. Seu comentário está aguardando moderação.

    20 mbt shoes buy online 21/10/2013 16:06

    make your own converse shoes online Copo meio cheio | God Save the ball
    mbt shoes buy online http://www.jafunkfuneralhome.com/mbt-shoes-customer-service.asp

    Responder
  7. Seu comentário está aguardando moderação.

    19 moncler outlet italia 13/11/2013 0:31

    moncler men down jacket grey Copo meio cheio | God Save the ball
    moncler outlet italia http://www.moncler-and-outlet.com

    Responder
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios