Publicidade

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008 Sem categoria | 23:16

Acidente aéreo em Munique deixa 21 mortos

Compartilhe: Twitter

Aproximadamente 21 dos 44 passageiros e tripulantes da aeronave da British European Airways, que se chocou ontem perto de Munique carregando o time do Manchester United e muitos jornalistas, podem estar mortos.

Outras oito pessoas estão no hospital, em estado grave. Frank Swift, o ex-goleiro da seleção, que havia se tornado jornalista, faleceu no hospital.

Os cinco membros da tripulação que sobreviveram e que estão internados são o piloto, capitão J. Thain, o co-piloto, capitão K. G. Rayment, duas aeromoças, Patricia Bellas e Ruth Cheverton, e o oficial de rádio G. W. Rodgers.

Uma nota da Associated Press diz que a aeronave se chocou contra um depósito cheio de combustível. O fogo provocado pelo choque é que causou o estrago maior – no centro do avião. A aeronave não chegou a explodir.

(Texto original do jornal inglês The Guardian, do dia 07/02/1958.)


Os “Busby Babes” no último jogo antes do acidente.

Hoje, uma das maiores tragédias do futebol inglês completa 50 anos. Quem acompanha futebol, provavelmente, já ouviu falar do acidente aéreo de Munique que matou meio time do Manchester United.

Os sites brasileiros devem publicar relatos mais detalhados a respeito, mas de qualquer modo, vou colocar aqui uma breve descrição da fatalidade.

O Manchester United havia acabado de conseguir a classificação para as semifinais do então principal torneio europeu ao empatar em 3 x 3 contra o Crvena Zvezda (Estrela Vermelha), de Belgrado, na Iugoslávia. No primeiro jogo em Old Trafford, os ingleses haviam vencido por 2 x 1.

A modesta aeronave que levava o time de volta para casa não suportava uma viagem direta à Inglaterra, por isso, a escala em Munique.

Depois do reabastecimento, o piloto tentou a decolagem duas vezes e abortou as duas por problemas técnicos. Os passageiros retornaram à sala de embarque do aeroporto e pouco depois das três da tarde o problema parecia ter sido solucionado. Nessa terceira tentativa, logo após levantar vôo, a aeronave perdeu potência e atravessou os limites do aeroporto, se chocando contra casas, árvores e um depósito de combustível, que explodiu.

O resgate chegou rápido mas não a tempo de salvar a vida de 7 jogadores do Man United – Byrne, Geoff Bent, Eddie Colman, Mark Jones, David Pegg, Tommy Taylor e Liam Whelan. A estrela do time Duncan Edwards, de 21 anos, morreu 15 dias depois em um hospital de Munique. Dois membros da comissão técnica, um dirigente, um tripulante, oito jornalistas e dois passageiros também morreram na hora. O co-piloto, embora tenha sido salvo na hora, também não resistiu aos ferimentos e faleceu três semanas mais tarde.

Ao todo, 23 pessoas mortas e 21 sobreviventes, incluindo o técnico Busby e o jovem Bobby Charlton. Busby, aliás, ficou dois meses no hospital e chegou a receber a extrema-unção duas vezes. Johnny Berry e Jackie Blanchflower, jogadores sobreviventes, jamais conseguiram voltar ao futebol devido aos ferimentos.

A causa oficial do acidente, segundo especialistas, foi a neve derretida no final da pista que segurou o avião fazendo com que ele perdesse velocidade para decolar. O piloto, inicialmente responsabilizado pelas autoridades alemãs, foi absolvido dez anos depois, em 1968. Nesse mesmo ano, outros dois sobreviventes, Bobby Charlton e Bill Foulkes, levariam o Manchester United ao título da Liga dos Campeões pela primeira vez.

Autor: Tags:

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008 Sem categoria | 10:52

PEQUENO GUIA DE INICIAÇÃO AO FUTEBOL INGLÊS

Compartilhe: Twitter

De vez em quando aparece alguém me dizendo que não entende direito o futebol inglês, aquele monte de copas, jogos todos os dias… Obviamente, os leitores do T.G.f.F. (todos os cinco, por enquanto) sabem como as coisas funcionam lá por aquelas bandas, mas para aqueles desavisados que entraram neste blog por acidente, aqui vai uma chance de saber em que pé está a coisa lá na Inglaterra.

São três campeonatos nacionais:

1) Premiership:
É a 1ª divisão. O bom e velho turno-e-returno-com-pontos-corridos.
> Campeão e vice: vaga na Liga dos Campeões
> 3º e 4º: vaga no qualifier da Liga dos Campeões
> 5º: vaga na Uefa
> 18º, 19º, 20º: rebaixamento.

O campeonato está na 25ª rodada:

Classificação
01_Arsenal (60)
02_Man Utd (58)
03_Chelsea (54)
04_Everton (44)
05_Liverpool* (43)
06_Aston Villa (41)
07_Man City (41)
08_Blackburn (39)
09_Portsmouth (38)
10_West Ham* (36)
11_Tottenham (29)
12_Newcastle (28)
13_Middlesbrough (26)
14_Bolton (25)
15_Wigan (23)
16_Sunderland (23)
17_Reading (22)
18_Birmingham (21)
19_Fulham (19)
20_Derby (9)

* 1 jogo a menos.

2) FA Cup:
É a Copa da Inglaterra. Mata-mata. Torneio mais antigo do mundo, disputado desde 1872. É organizado pela federação inglesa, a F.A.
> O campeão tem vaga na Copa da UEFA.

Todos os confrontos da FA Cup e os mandantes são definidos por sorteio. Não há jogo de volta, a menos que aconteça um empate. Nesse caso, o replay é jogado na casa do visitante do primeiro jogo. A semifinal é jogada em campo neutro, com prorrogação e pênaltis em caso de empate. Neste ano, os jogos serão em Wembley. A final também será lá, também com prorrogação e pênaltis em caso de empate.
Qualquer clube pode se inscrever na competição. A temporada 2007-2008 tem o recorde de 731 equipes inscritas. As primeiras fases são disputadas por clubes de ligas menores, divididos por regiões e os grandes vão entrando no decorrer da competição.

As oitavas-de-finais serão disputadas nos próximos dias 16 e 17/02, com direito ao sensacional Manchester x Arsenal. Entre parênteses, a divisão a qual cada equipe pertence:

>> Bristol Rover (3) x Southampton (2)
>> Cardiff City (2) x Wolverhampton Wanderers (2)
>> Sheffield United (2) x Middlesbrough (1)
>> Liverpool (1) x Barnsley (2)
>> Man United (1) x Arsenal (1)
>> Preston North End (2) x Portsmouth (1)
>> Coventry City (2) x West Bromwich (2)
>> Chelsea (1) x Huddersfield Town (3)

3) Copa da Liga:
É organizada pela Premier League, a poderosa liga dos clubes ingleses. Diferentemente da FA Cup, aqui, somente os clubes da Liga podem se increver. São 92 ao todo. Os confrontos são decididos em jogo único, com prorrogação e pênaltis, se necessário. As semifinais são disputadas em duas partidas. E a final em jogo único, em Wembley. Referem-se a essa copa como Carling Cup, pois ela sempre leva o nome de um patrocinador, no caso, a cerveja Carling.
> O campeão tem vaga na Copa da UEFA.

Este ano a final será no dia 24/02, em Wembley. Os finalistas já estão definidos:
>> Tottenham x Chelsea.

Autor: Tags:

domingo, 3 de fevereiro de 2008 Sem categoria | 00:56

JANELA FECHADA

Compartilhe: Twitter


Anelka: com ele o Chelsea ficou mais forte (AP)

A janela de transferências de janeiro se fechou no último dia 31 e apesar dos muitos negócios — quase £200 mi foram movimentados — a grande maioria dos times não conseguiu se reforçar como queria.

Acho que só o Chelsea, com a chegada de Anelka, e o Portsmouth, com Diarra, Baros e Defoe, ficaram mais fortes. O Tottenham recebeu jogadores importantes como o zagueiro Woodgate, o brasileiro Gilberto e o escocês Alan Hutton, mas perdeu a jovem promessa Wayne Routledge, o selecionável Defoe e o versátil Stalteri. Os outros times ficaram mais ou menos na troca do seis por meia dúzia.

Enfim, relacionei somente as principais contratações de cada time com suas principais perdas. Entre parênteses, vai a minha opinião sobre o balanço de cada equipe, se melhorou (=), piorou (-) ou ficou na mesma (=). Quem quiser ver a lista completa, clique aqui.

Arsenal (=)
Saiu: Lassana Diarra (Portsmouth, £5.5m)

Aston Villa (=)
Chegou: Wayne Routledge (Tottenham, £1.5m)
Saíram: Gary Cahill (Bolton, £5m)

Birmingham City. (=)
Chegou: James McFadden (Everton, £5.25m),

Blackburn Rovers (=)
Saiu: Robbie Savage (Derby, £1.5m)

Bolton Wanderers (=)
Chegaram: Gary Cahill (Aston Villa, £5m), Matt Taylor (Portsmouth, £3.5m), Gretar Steinsson (AZ Alkmaar, £3.5m), Grzegorz Rasiak (Southampton, empréstimo).
Saíram: Nicolas Anelka (Chelsea, £15m), Gary Speed (Sheff United, sem custo), Christian Wilhemsson (Deportivo La Coruña, empréstimo)

Chelsea (+)
Chegaram: Nicolas Anelka (Bolton Wanderers, £15m), Branislav Ivanovic (Lokomotiv Moscow, £9m)

Derby County (=)
Chegaram: Robbie Savage (Blackburn, £1.5m), Roy Carroll (Rangers, sem custo), Alan Stubbs (Everton, sem custo), Hossam Ghaly (Tottenham, empréstimo), Danny Mills (Manchester City, empréstimo).
Saiu: Steve Howard (Leicester, £1m).

Everton (+)
Chegaram: Manuel Fernandes (Valencia, empréstimo), Anthony Gardner (Tottenham, empréstimo).
Saíram: James McFadden (Birmingham, £5.25m), Alan Stubbs (Derby, sem custo).

Fulham (+)
Chegaram: Brede Hangeland (FC Copenhagen, £3m); Leon Andreasen (Werder Bremen, £2.5m); Jari Litmanen (sem custo agent), Paul Stalteri (Tottenham, empréstimo).
Saíram: Steve Davis (Rangers, empréstimo), Collins John (Leicester City, empréstimo).

Liverpool (=)
Chegou:: Martin Skrtel (Zenit St Petersburg, £6.5m).
Saiu: Mohamed Sissoko (Juventus, £8.2m).

Man City (=)
Chegaram: Felipe Caicedo (Basle, £5.2m ), Nery Castillo (Shakhtar Donetsk, empréstimo), Filippo Mancini (Inter, empréstimo).
Saíram: Rolando Bianchi (Lazio, empréstimo), Georgios Samaras (Celtic, empréstimo), Ousmane Dabo (Lazio, sem custo), Danny Mills (Derby County, empréstimo).

Man United (=)
Chegou: Manucho Goncalves (sem custo).
Saíram: Jonny Evans (Sunderland, empréstimo), Kieran Lee (QPR, empréstimo).

Middlesbrough (+)
Chegou: Afonso Alves (Heerenveen, £12m).
Saiu: Jonathan Woodgate (Tottenham, £8m).

Newcastle United (=)
Chegaram: Ben Tozer (Swindon, não revelado), Fabio Zamblera (Atalanta, não revelado), Wesley Ngo Baheng (Le Havre, não revelado).
Saiu: David Rozehnal (Lazio, empréstimo).

Portsmouth (+)
Chegaram: Lassana Diarra (Arsenal, £5.5m), Milan Baros (Olympique Lyonnais, empréstimo), Jermain Defoe (Tottenham, £9m).
Saíram: Matt Taylor (Bolton Wanderers, £3.5m), Djimi Traoré (Rennes, empréstimo).

Reading (=)
Chegou:: Marek Matejovsky (Mlada Boleslav, £1.4m).
Saíram:: Alex Pearce (Norwich, empréstimo), John Halls (Crystal Palace, empréstimo).

Sunderland (+)
Chegaram:: Jean-Yves Mvoto (Paris St-Germain, não revelado), Phil Bardsley (Man United, £2m), Rade Prica (Aalborg, £2m), Jonny Evans (Man United, empréstimo), Andy Reid (Charlton, £4m).
Saiu: Andy Cole (Burnley, empréstimo).

Tottenham Hotspur (+)
Chegaram:: Alan Hutton (Rangers, £8m), Chris Gunter (Cardiff City, £3.5m), Jonathan Woodgate (Middlesbrough, £8m), Gilberto (Hertha Berlin, £2m).
Saíram:: Wayne Routledge (Aston V, £2m), Hossam Ghaly (Derby, empréstimo), Anthony Gardner (Everton, empréstimo), Paul Stalteri (Fulham, empréstimo), Jermain Defoe (Portsmouth £9m).

West Ham United (=)
Saiu:: Hogan Ephraim (QPR, £800,000).

Wigan Athletic (=)
Chegaram:: Wilson Palacios (Deportivo Olimpia ,£1m), Maynor Figueroa (Deportivo Olimpia, empréstimo), Antonio Valencia (Villarreal, não revelado).
Saiu: Fitz Hall (QPR, £700,000).

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008 Sem categoria | 01:11

CAPELLO, MAY GOD BE WITH YOU*

Compartilhe: Twitter

O técnico italiano Fábio Capello chamou 30 jogadores para tentar reerguer o desmoralizado English Team. O primeiro passo em direção à redenção deverá ser dado no amistoso frente à Suíça, em Wembley, na próxima quarta-feira.

O assunto mais comentado da convocação foi a ausência de Beckham. Capello não se deixou levar pelo oba-oba do centésimo jogo do inglês pela seleção e disse que Becks será chamado “assim que estiver jogando regularmente na América”. Ou qualquer lugar que seja.

Esse centésimo jogo deve demorar um pouquinho, já que o primeiro jogo do LA Galaxy na temporada será no dia 29/03, três dias depois do amistoso contra a França, em Paris. Fora desse jogo, a centésima partida então deve ficar somente para o verão de lá, depois da Eurocopa.

As surpresas da lista anunciada ontem ficaram por conta das presenças do zagueiro Curtis Davies e do atacante Gabriel Agbonlahor, ambos do Aston Villa e ambos convocados pela primeira vez. Para quem estranhou o sobrenome nada inglês do Gabriel, a explicação: o garoto de 21 anos nascido em Birmingham tem pai nigeriano e mãe escocesa.

Alguns jogadores que tinham chance e ficaram de fora:
>> o goleiro Paul Robinson, antigo titular e hoje reserva no Tottenham.
>> Jermain Defoe, andava fazendo companhia a Paul Robinson no banco dos Spurs. Foi contratado ontem pelo Portsmouth.
>> Sol Campbell, voltou à seleção no fiasco contra a Croácia e parece que não volta mais.
>> Robert Green, bom goleiro do Aston Villa. Capello preferiu Chris Kirkland (Wigan).

Capello também adiantou que Joe Hart, Aaron Lennon, Theo Walcott e David Wheater, todos fora dessa lista por terem sido convocados para a seleção sub21, fazem parte dos seus planos para o time principal.

Aqui a lista (atualizada depois do corte para 23 jogadores):

GOLEIROS
Carson (Aston Villa)
James (Portsmouth)
Kirkland (Wigan)

DEFESA
W Bridge (Chelsea)
Brown (Manchester United)
A Cole (Chelsea)
C Davies (Aston Villa) CORTADO
Rio Ferdinand (Manchester United)
G Johnson (Portsmouth)CORTADO
King (Tottenham) CORTADO por contusão
Lescott (Everton)
Richards (Manchester City)
Shorey (Reading)CORTADO
Upson (West Ham)
Woodgate (Tottenham)

MEIO CAMPO
Barry (Aston Villa)
Bentley (Blackburn)
Carrick (Man United)CORTADO
J Cole (Chelsea)
Downing (Middlesbrough)CORTADO
Gerrard (Liverpool)
Hargreaves (Manchester United)
Jenas (Tottenham)
Wright-Phillips (Chelsea)
Young (Aston Villa)

ATAQUE
Agbonlahor (Aston Villa)
Crouch (Liverpool)
Heskey (Wigan)CORTADO por contusão
Owen (Newcastle)
Rooney (Manchester United)

Algum palpite para o time titular?

*Fábio Capello, que Deus esteja convosco.

Autor: Tags:

  1. Primeira
  2. 90
  3. 100
  4. 110
  5. 115
  6. 116
  7. 117
  8. 118
  9. 119
  10. Última