Publicidade

Posts com a Tag Liga dos Campeões

quarta-feira, 31 de março de 2010 Sem categoria | 09:42

A INGLATERRA REZA

Compartilhe: Twitter

No último lance do jogo, Rooney tenta abortar o gol do Bayern. Não consegue e ainda se machuca (fotos Reuters)

.

O gol no último suspiro da partida foi o de menos. O resultado é perfeitamente reversível. Mas a contusão de Rooney, além de causar apreensão nos torcedores do Manchester, espalhou pela Inglaterra o temor de mais uma vez iniciar uma Copa do Mundo sem um de seus melhores jogadores em boa forma (por exemplo, Beckham 2002, Rooney e Owen 2006). Wayne Rooney é fundamental para o sucesso tanto dos Red Devils quanto do English Team.

Assim que chegar a Manchester, o atacante irá direto fazer um scan para se descobrir a gravidade da lesão. Isso deve acontecer agora à tarde. Enquanto isso, os ingleses – incluídos, acredito, até mesmo os torcedores do Chelsea – rezam, afinal Rooney será Inglaterra daqui a dois meses.

MANCHESTER DIVIDED
Ainda é cedo para comemorar ou para se desesperar, mas o panorama atual de Manchester mudou de ontem para hoje. A metade azul da cidade está esperançosa, enquanto a vermelha passou a ficar tensa. Pela Premiership, na segunda-feira, Carlitos Tevez decidiu mais uma vez. Foi dele o hat-trick na vitória de 3 x 0 sobre o Wigan que manteve o City na cola dos Spurs pela vaga na Champions. O jogo seguia empatado em 0 x 0 até os 11′ do 2º tempo quando Caldwell fez falta feia em Tevez e foi expulso. Dezesseis minutos depois, Tevez abriu o placar e precisou de outros  doze para marcar mais duas vezes.

Autor: Tags: , , , , , , ,

sexta-feira, 19 de março de 2010 Sem categoria | 09:56

FINAL INGLESA???

Compartilhe: Twitter

Ah, deu tudo errado no sorteio da Champions. Das três “babas”, duas (os franceses de Lyon e Bordeaux) irão se enfrentar e a outra (CSKA) pega a Inter. Com isso, “quatro grandes” terão trabalho hercúleo pela frente. Teremos a reedição de duas finais de Champions. A de 2006 com o Arsenal pegando o temível Barcelona (vencida pelo Barça) e a de 1999 com o Manchester United enfrentando o sempre perigoso Bayern (vencida pelos Red Devils). Pelo menos, os deuses do sorteio aliviaram para os ingleses evitando o choque entre eles logo agora nas quartas.

E mais, existe a possibilidade de uma final inglesa. Se o Manchester passar pelo Bayern, enfrentará um dos franceses. O Arsenal, passando pelo Barça, pega provavelmente a Inter de Milão. É pedir muito desse time do Arsene Wenger, não? Ser campeão da Liga dos Campeões eliminando Barcelona, Inter e, na final, o Manchester.

Os confrontos das quartas acontecem nos dias 30 e 31 de março, com a volta em 6 e 7 de abril.

A decisão será no dia 22 de maio em Madri, no estádio Santiago Bernabéu.

Man United e Barcelona estão atravessados nas gargantas de Bayern e Arsenal

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 17 de março de 2010 Sem categoria | 14:34

FICA PRA PRÓXIMA

Compartilhe: Twitter

Dois toques: Eto'o mata e chuta. O sonho do Chelsea é adiado (fotos Getty Images)

.

Três coisas que vieram à minha cabeça com a eliminação do Chelsea:

1) Mourinho continua sem perder em Stamford Bridge. Ontem, o português estava defendendo o inimigo e tirou a chance de título do Chelsea pelo sétimo ano consecutivo.

Desde que Abramovich comprou o Chelsea, em 2003, a equipe participou de todas as edições da Liga dos Campeões, mas o título ainda não veio. Assim foram as eliminações:
2004 – semifinal – Monaco
2005 – semifinal – Liverpool
2006 – oitavas – Barcelona
2007 – semifinal – Liverpool
2008 – final – Man United
2009 – semifinal – Barcelona
2010 – oitavas – Inter

O português só foi batido em casa uma única vez nos três anos em que dirigiu o Chelsea. Foi em fevereiro de 2006, pelo Barcelona, na Champions League.

2)
A Inter, melhor time da Itália nos últimos quatro anos, jogou ontem com um combinado Brasil-Argentina nos sete jogadores mais recuados do time – Julio César, Maicon, Lucio, Samuel, Zanetti, Cambiasso e Thiago Motta. O que aconteceu com a outrora poderosa defesa italiana? Não compravam sulamericanos por causa do talento, da habilidade…? É a nova ordem do futebol mundial.

3) O Chelsea contratou Zhirkov no começo da temporada. A Inter contratou Sneijder, Lucio, Eto’o e Milito. Os dois primeiros foram os melhores em campo ontem. Os dois últimos marcaram gols nos confrontos. É  impossível imaginar a classificação da Inter sem esses reforços, ainda que contassem com a presença de Ibrahimovic. Ou seja, os Blues precisam contratar para se manterem competitivo.

O brasileiro Lucio colocou Drigba no bolso. Será assim na Copa? (foto Getty Images)

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010 Sem categoria | 10:01

O JOGO DE FUTEBOL

Compartilhe: Twitter

(Quando assisto a uma partida dessas me lembro por que não acompanho mais jogos dos campeonatos do Brasil (exceção feita aos jogos do meu time, lógico). Foi uma partida de futebol de verdade.)

Rooney sobe muito e começa a garantir a classificação dos ingleses (foto AFP)

Rooney sobe muito e começa a garantir a classificação dos ingleses (foto AFP)

 

Bem, nesse Carnaval sobrou um tempinho e pude dar uma lida na FourFourTwo do mês, edição dos atacantes, de cabo a rabo. Na capa Rooney e Torres. Rooney dizia em um olho da matéria:

“Com Valencia, você precisa ficar esperto dentro
da área – ele cruza mais do que Ronaldo”.

Quando vi Valencia se preparar, lembrei da frase e pensei comigo: “Rooney deve estar dando graças a Deus que Nani vai embora, dá para ver que ela não agüenta mais tanto erro do português”. E não é que bastaram apenas dois minutos para Valencia colocar a bola na cabeça do Shrek! Na primeira bola, o equatoriano passou como quis pelo lateral Favalli e cruzou para Rooney marcar.

Com o gol, estranhamente o Milan capitulou. Ainda levou o terceiro. Fletcher, sem precisar marcar Beckham que havia saído dois minutos antes, teve tempo de ir ao ataque e também cruzar na cabeça de Rooney.

Rooney declarou após o jogo, sem papas na língua, que ficou p (de pissed) da vida com atuação de alguns companheiros e disse isso no vestiário (claro que Nani era um desses). No 2º tempo, voltou com mais fome de bola e marcou seus dois gols.

Antes disso, os Red Devils tinham passado aperto no 1º tempo. O gol de Scholes (o primeiro da história de 52 anos  do Manchester no San Siro) contou com uma imensa dose de sorte. O de Ronaldinho, que abriu o placar, também, mas o Milan havia dominado o 1º tempo, principalmente por causa do dentuço (não, eu não acho que ele voltou a ser o que era e não, eu não acho que ele deva voltar à Seleção, mas o cara fez um 1º tempo muito bom. Eu disse muito bom, não excelente).

Mas é aquela velha história: se você consegue jogar melhor que o Manchester United, mate o jogo logo, senão… Foi aí que entrou Valencia e a coisa mudou de figura. Talvez a superioridade do Milan tenha acontecido simplesmente porque Nani estava mal.

Depois de levar o 2 x 1, o Milan só voltou a jogo graças ao esforço individual de Ronaldinho e Seedorf (cara, o que ele estava fazendo no banco?). Rafael, que parecia haver se recuperado do baile que levou de Ronaldinho no 1º tempo, acabou sendo desarmado em seu campo. Bola nas costas, nos pés de Ronaldinho que achou Seedorf. O holandês, de letra, diminuiu. Class (como diriam por lá)! Isso aos 40’ do 2º tempo. Foram 19 minutos de apagão milanês.

Só então os italianos acordaram. Pressionaram muito. Ronaldinho, que havia apagado ainda no primeiro tempo, acordou e deixou Inzaghi e Ambrosini em condições de marcar, mas ambos desperdiçaram. Acho até que o empate seria merecido.

Sinal dos tempos: o banco do Milan com Gattuso, Inzaghi, Seedorf e Flamini.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 26 de novembro de 2009 Sem categoria | 09:42

A RODADA AMISTOSA

Compartilhe: Twitter

MANCHESTER UNITED 0 x 1 BESIKTAS
Tudo bem que a partida não valia nada, que o Manchester já estava classificado, que era importante poupar os titulares para o jogo do final de semana, mas creio que todo o torcedor dos Red Devils sentiu uma dorzinha no coração de ver encerrada a sequência 23 jogos sem perder em Old Trafford (a última vez foi para o Milan, 1 x 0, em 2005). Se contarmos jogos da fase de grupos, a invencibilidade era maior: 8 anos (desde a derrota para o La Coruña em 2001). E só para lembrar, o Fenerbahce, conterrâneo turco do Besiktas, foi o primeiro time a bater a equipe vermelha de Manchester em Old Trafford por competições européias, 13 anos atrás.

Quem deve estar com essa dorzinha no coração também é o goleiro Ben Foster, menos pela quebra da invencibilidade e mais pela bola defensável no gol do Besiktas. Mais uma vez, a imprensa de lá desceu a lenha no coitado. Os ingleses simplesmente não têm um goleiro confiável para levar para a Copa do Mundo.

PORTO 0 x 1 CHELSEA
Uma vez eu disse que Anelka era o artilheiro do jogo fácil. Ele costumava turbinar seus números com hat-tricks em jogos que seu time vencia por 4, 5. Será que Anelka mudou ou ainda podemos considerar essas partidas da 1ª fase da Champions como jogos de menor importância? O fato é que a vitória sobre o Porto foi a terceira por 1 x 0 com gol do francês.

Anelka definiu mais uma vez (foto Getty Images)

Anelka definiu mais uma vez (foto Getty Images)

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 4 de novembro de 2009 Sem categoria | 12:26

PEDAÇO DE BOLO

Compartilhe: Twitter

“Piece of cake” (em tradução livre, mamão com açúcar). Assim os torcedores de Chelsea e Manchester United definiriam a 1ª fase da Champions. Ambos empataram e se classificaram ontem para a fase de mata-mata, com duas rodadas de antecedência. Embora possam ser alcançados em número de pontos, os Red Devils garantiram a vaga por terem mais pontos no confronto direto contra os russos (uma vitória e um empate).

O Manchester United fez sua torcida sofrer um pouco, mas conseguiu o empate no final do jogo. Com o Chelsea em mente (adversário do próximo final de semana), Ferguson poupou vários titulares. Fábio teve uma chance na lateral-esquerda, mas não fez grande coisa por ali. Com o placar marcando 3 x 1 para o bom time do CSKA (de técnico recém-chegado depois da demissão de Juande Ramos), Fabio deu lugar a Evra e Rooney, que achava que teria um descanso por causa do nascimento do filho, entrou no lugar de Nani. O português também não aproveitou muito bem sua chance. O time mudou completamente, mas o empate só veio através de um chute de Valencia que iria para fora e foi desviado enganando o excelente goleiro Akinfeev.
Assim, a classificação foi garantida e a invencibilidade de quatro anos e meio (22 jogos desde fevereiro de 2005) em Old Trafford mantida.
Para os dois amistosos de luxo – Besiktas (em casa) e Wolfsburg (fora) -, Ferguson pode promover a volta de Owen Hargreaves (lembram dele?).

Owen guardou o seu (foto Getty Images)

Owen guardou o seu (foto Getty Images)

O Chelsea visitou o Atlético de Madrid e empatou. Drogba, de volta depois de três jogos de gancho, deixou sua marca duas vezes. Depois da partida declarou que essa é a melhor fase de sua carreira (te cuida, United!). Alex e Belletti jogaram os 90 minutos. Deco entrou aos 25’ do 2o tempo.
O argentino Aguero, embora derrotado, conseguiu impressionar ainda mais os ingleses com seus dois gols marcados nos 35 minutos que esteve em campo. Na próxima janela propostas devem chover na mesa do Atlético pelo genro de Maradona.
Os amistosos de luxo do Chelsea serão Porto (fora) e Apoel Nicosia (em casa).

Drogba: vai uma classificação aí?

Drogba: vai uma classificação aí? (foto Getty Images)

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 21 de outubro de 2009 Sem categoria | 21:18

A VEZ DOS 100%

Compartilhe: Twitter

Chelsea e Manchester entraram em campo hoje e mantiveram os 100% de aproveitamento na competição europeia. Além deles, Sevilha e Lyon ainda não perderam pontos.

Chelsea 4 x 0 Atlético de Madrid
Terceiro jogo, terceira vitória, nenhum gol sofrido. Pelo menos na Champions League a defesa do Chelsea não está comprometendo o desempenho da equipe, ainda. Em todo caso, Ancelotti resolveu tirar Ricardo Carvalho e entrou com Ivanovic na zaga. Não sei se resolveu muito. O time espanhol teve duas chances claras de gol, no começo do jogo, nas costas do zagueiro sérvio, mas depois a coisa melhorou. Com Bosingwa, machucado, e Drogba suspenso, Belletão começou jogando na lateral-direita e Kalou foi o parceiro de Anelka no ataque. O marfinês não decepcionou e fez os dois primeiros gols da equipe. Lampard fez o terceiro (foi seu primeiro (!) gol da temporada com a bola rolando). Um gol contra de Perea fechou a goleada. Outra boa notícia para o torcida do Chelsea foi a estreia de Yuri Zhirkov, russo contratado no meio do ano que se machucou antes do início da temporada.

Kalou fazendo o primeiro (foto Getty Images)

Kalou fazendo o primeiro (foto Getty Images)

CSKA 0 x 1 Manchester United
De volta ao estádio onde conquistaram Champions League de 2008, os Red Devils não deixaram escapar os três pontos. No gramado artificial do Luzhniki Stadium, Valencia marcou aos 41’ do 2º tempo. Foi o segundo gol do equatoriano pelo Manchester (o primeiro marcado no final de semana passado contra o Bolton). O jovem Fabio entrou jogando na lateral-esquerda. O não tão jovem assim Gary Neville entrou na lateral-direita. Rooney, machucado, não jogou.

Ferguson e equipe concentrados no jogo (foto AP)

Ferguson e equipe concentrados no jogo (foto AP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

terça-feira, 20 de outubro de 2009 Sem categoria | 19:55

CHAMPIONS

Compartilhe: Twitter

Liverpool 1 x 2 Lyon
Desastre em Anfield! Além do resultado em si, a volta de Steven Gerrard durou apenas 25 minutos. O capitão do time sentiu novamente a virilha e precisou sair. Fábio Aurélio entrou em seu lugar e foi bem, criando chances de gol. Já Lucas continua bem mais ou menos. Ele não chega a jogar mal, mas fica só no básico, o que é pouco para quem quer ser titular do Liverpool. A derrota, que veio aos 46’ do 2º tempo, foi a quarta consecutiva dos Reds (a primeira vez que isso acontece desde o longínquo ano de 1987). Além de Gerrard, ausente na maior parte do jogo, Glen Johnson e Fernando Torres também ficaram de fora por contusão. A torcida, por sua vez, não quer nem saber, está pedindo a cabeça do técnico Benitez.

58694879
Sai Gerrard, machucado de novo. Entra Fábio Aurélio (foto Getty Images)

AZ Alkmaar 1 x 1 Arsenal
Bloody Hell! Gol de empate do AZ aos 47’ do 2º tempo. Os Gunners saíram na frente com Fabregas, mas não conseguiram matar o jogo, apesar de dominá-lo. No finalzinho, o holandês Mendes da Silva empatou com um belo voleio e quebrou uma sequência de sete vitórias consecutivas do Arsenal. Mesmo assim, o time continua na liderança do grupo e deve se classificar com facilidade.

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 16 de setembro de 2009 Sem categoria | 19:53

2º TEMPO DA 1ª RODADA

Compartilhe: Twitter

Mais duas vitórias inglesas na primeira rodada da Champions League. As duas bem suadas.

Em Liverpool, os Reds pegaram o Debrecen, da Hungria, time do brasileiro Leandro, e, apesar de quase 70% de posse de bola, só conseguiram um mísero 1 x 0 através de Kuyt. Lucas jogou de primeiro volante e Fábio Aurélio, recuperado de contusão, entrou nos acréscimos

58376255
O patinho feito Dirk Kuyt novamente livrou a cara dos Reds (foto Getty Images)

Já o Arsenal levou um susto na Bélgica. Começou a partida contra o Standard Liége levando dois gols, aos 2′ e aos 5′ . No primeiro, Eduardo errou um toque de calcanhar e Mangala abriu o placar. Três minutos depois, Gallas fez pênalti em Jovanovic que ele mesmo converteu. Aos cinco minutos de jogo, o goleiro do Arsenal Vito Mannone vivia um pesadelo na sua estreia na Champions League – Almunia não jogou por causa de uma virose e seu reserva, Fabianski, se recupera de uma cirurgia no joelho.
Entretanto, o time de Arsene Wenger teve forças para virar o placar para 3 x 2. Bendtner descontou quase no final do 1º tempo. Vermaelen, em um lance que pareceu ter existido impedimento e mão (ainda que involuntária) de Sagna, empatou. E o joelho de Eduardo virou a partida. Já o joelho de Van Persie deixou o holandês de fora desta partida.

58376555
Graças à suspensão da suspensão, Eduardo jogou, marcou e o Arsenal ganhou
(foto Getty Images)

Autor: Tags: , , , , ,

Sem categoria | 00:24

É DADA A LARGADA

Compartilhe: Twitter

58360021
Sob a torrentosa chuva em Stamford Bridge, o capitão Terry indica o caminho: o Bernabéu é pra lá 
(foto AP)

Chelsea e Manchester United entraram em campo hoje pela primeira rodada da Liga dos Campeões. O caminho é longo até a final no dia 22 de maio de 2010, no Santiago Bernabéu, e ambos os times largaram com pé direito. 
 
Em Stamford Bridge, a chuva castigou o espetáculo. Para se ter uma idéia, a 6 km dali, o QPR iria jogar pela 2ª divisão no mesmo horário, mas o jogo teve de ser adiado de tanta água que caía. Atrapalhado pela chuva ou não, o Chelsea perdeu algumas oportunidades de gol contra o Porto, mas coletou os três pontos que queria. Drogba ficou de fora cumprindo o primeiro dos três jogos de suspensão por causa daquele ataque de nervos que teve na semifinal da Champions passada, contra o Barcelona. Bonsingwa, também de fora pelo mesmo motivo, irá cumprir duas partidas. Sem o marfinês no ataque, coube a Nicolas Anelka fazer o gol da magra vitória por 1 x 0. Joe Cole, voltando de contusão, esquentou o banco.

rooxtab
Duelo de estrelas: Rooney x Tabata (foto Getty Images)

Na Turquia, aconteceu o aguardado encontro de gigantes: Wayne Rooney versus… Rodrigo Tabata. E o inglês levou a melhor. Em um jogo de poucas chances, o Manchester United foi superior e bateu o Besiktas por 1 x 0, golzinho solitário de Paul Scholes, a 13 minutos do final, no rebote de um chute de Nani. Rooney foi substituído por Owen antes do gol e saiu dando chiliquinho, atirando chuteira no chão… O jogo foi bem mais ou menos, mas a torcida do Besiktas é um show à parte! Fiquei com a impressão de que se o time turco fizesse um gol, o estádio iria cair e umas 2000 pessoas iriam morrer. Que loucura!

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última