Publicidade

Posts com a Tag scolari

sábado, 30 de maio de 2009 Sem categoria | 15:13

FELIPÃO CAMPEÃO

Compartilhe: Twitter

O Chelsea levou para casa a 5ª F.A. Cup de sua história depois de bater o Everton, de virada, por 2 x 1. Com isso, Guus Hiddink não deixa o Chelsea de mãos abanando. Felipão, não podemos esquecer, fica com o mérito de ter contribuído para o título ao não ter sido eliminado pelo Southend United na estréia (1 x 1 em Stamford Bridge e replay 4 x 1 em Southend-on-Sea) e nem pelo Ipswich (3 x 1 em Stamford Bridge) no jogo seguinte. Depois disso, Felipão foi demitido e Ray Wilkins dirigiu a equipe contra Watford (3 x 1 fora). Hiddink fez sua estreia na Copa contra o Coventry (2 x 0 fora) e depois venceu o Arsenal (2 x 1) no Emirates, já na semifinal.

Ao Everton, que derrubou os gigantes Liverpool e Manchester United no seu caminho a Wembley, resta o consolo de ter marcado o gol mais rápido em uma final na longa história de 138 anos desse torneio.


Saha e seu gol-bala (foto Reuters)

Louis Saha abriu o placar aos 25 segundos de partida. Por incrível que pareça, logo em seguida os sites ingleses já tinham a confirmação do recorde e quem era o antigo recordista. Era Bob Chatt, do Aston Villa, que na final de 1895 marcou contra o West Brom entre 30 e 39 segundos de partida – ok, o tempo de jogo é meio impreciso, mas, pelo amor de Deus, era 1895. Portanto, o novo recorde é de Saha. Se alguém levar o mesmo tempo para quebrá-lo, o feito acontecerá somente em 2123.

Outro recordista da tarde foi Ashley Cole. O lateral-esquerdo marido de uma das wags mais sensacionais da Inglaterra conquistou sua 5ª copa (3 delas pelo Arsenal) e se igualou a outros três jogadores do século retrasado – Jimmy Forest (Blackburn, 1891), Charles Wollaston (Wanderers F.C., 1878) e Arthur Kinnaird (Wanderers F.C. e Old Etonians, 1882). Ninguém ganhou mais FA Cups do que eles.


Ashley Cole é penta (foto Getty Images)

O JOGO
A vitória do Chelsea foi incontestável. Depois do gol logo no início da partida, o Everton, em nenhum momento conseguiu controlar o jogo. O empate veio numa troca de bola despretensiosa que chegou aos pés de Malouda. O francês cruzou e Drogba subiu tranqüilo para cabecear para o gol. O gol da vitória foi de Lampard. O Inglês ameaçou chutar de direita, fez o corte em Phill Neville e chutou de esquerda. O chute foi forte, mas Tim Howard deu uma colaborada. Acho que um goleiro melhor espalmaria de mão trocada.


Drogba decidiu mais uma vez uma final de copa inglesa, a quinta pelo Chelsea. Marcou gol em todas (foto Getty Images)


Na hora em que o time precisou dele, Lampard apareceu para marcar o gol da vitória (foto AFP)

Enfim, o Chelsea deixou 761 equipes para trás e levou o caneco. Hiddink mantém sua fama de mago ao conseguir levantar em pouco mais de 3 meses um clube que estava aos pedaços. Sob seu comando foram 15 vitórias, 5 empates e apenas 1 derrota (para o Tottenham). Na Premiership, recebeu a equipe em 5º e terminou em 3º, e na Premier League acabou sendo eliminado sem perder do Barcelona. Agora, cuidado com a Rússia.


Hiddink vai deixar saudades em Stamford Bridge e aquele sentimento de
“como poderia ter sido se o holandês estivesse lá desde o início” (foto Getty Images)

 E pra finalizar, mais uma bela imagem.


(foto Getty Images)

 

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009 Sem categoria | 08:38

MAIS FELIPÃO

Compartilhe: Twitter

Bem, por problemas técnicos que assolaram o blog nesses últimos dias, o post que eu coloquei sobre Felipão desapareceu, então aqui vai um novo já atualizado.

Passada a tormenta que foi a demissão de Luiz Felipe Scolari do Chelsea algumas coisas começam a vir à tona. Por exemplo, a multa rescisória. Disseram inicialmente que seria em torno de £15 milhões (ou R$ 50 milhões) o que é meio absurdo já que esse seria o salário dele integral até o final do contrato. Agora, já se fala que, depois de uma negociação, o valor ficou estipulado em £7,5 milhões e Felipão fica livre para dirigir outro time. Isso é mais ou menos o prêmio de uma mega-sena.

Outro assunto abordado pelos principais jornais ingleses é quem teria pedido a cabeça do técnico. John Terry declarou ontem que ficou chocado com a demissão. O capitão do time disse que os problemas da equipe estavam nas perfomances de alguns jogadores (e se inclui na lista). Terry garantiu que apoiava o treinador e disse que outros dois ou três atletas pensavam da mesma maneira – isso significa que o resto era contra ou não estava nem aí?

O fato é que Abramovich teve uma reunião com Ballack, Drogba e Cech e essa reunião foi decisiva para a sorte de Scolari. Petr Cech estava tendo problemas com Felipão no que diz respeito ao seu treinamento. Segundo o The Sun, o tcheco tinha seu preparador de goleiros e Felipão insistia em tentar colocar Pracidelli na função, inclusive impedindo o preparador do Cech de assistir vídeos dos adversários e até mesmo entrar no vestiário antes das partidas.

E para ter uma idéia do que pensava a torcida do Chelsea, entrei em um fórum desse mesmo The Sun e 90% dos comentários basicamente criticavam a diretoria do Chelsea por demitir o técnico brasileiro. Não que o elogiassem, mas parece que é consenso lá que não se troca de técnico no meiodo campeonato, principalmente quando ele acabou de chegar.

Um exemplo:
I didn’t expect it to be so sudden. Chelsea are becoming the Real Madrid of England. He at least deserved to finish the season off.
(Não esperava que fosse tão de repente. O Chelsea está se tornando o Real Madrid da Inglaterra. Ele pelo menos merecia ter terminado a temporada.)

HIDDINK É O CARA
E ontem foi anunciada a contratação temporária de Guss Hiddink, amigo pessoal de Abramovich, para ficar no cargo até o final da temporada. O holandês vai acumular a função de técnico do Chelsea com a de técnico da seleção russa, onde tem contrato até o final da Copa de 2010. Por pouco mais de três meses de trabalho, Hiddink deve receber £2,5 milhões. Not bad, hã?

E ao que parece, depois de Hiddink, quem deve assumir o comando do clube é Carlo Ancelotti. Como o italiano não estaria disposto a deixar o Milan neste momento (e nem o Milan ficaria feliz em perdê-lo tão repentinamente), a coisa deve ser acertada com mais calma na janela de verão.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

sábado, 7 de fevereiro de 2009 Sem categoria | 19:18

CAINDO, CAINDO…

Compartilhe: Twitter


Ballack anda mal das pernas (foto AFP)

Chelsea 0 x 0 Hull
O grande problema do Chelsea nesta temporada tem sido não conseguir converter em gols as muitas oportunidades criadas. O primeiro tempo contra o Hull foi assim. Entre muitas chances, o estreante Quaresma esteve para abrir o placar mas telegrafou o chute  permitindo a defesa do goleiro. No segundo tempo, a história foi um pouco diferente. O Hull, embora estivesse mais retraído, era muito perigoso nos contra-ataques e o atacante Fagan teve duas das melhores chances do jogo e desperdiçou ambas.
No final, mesmo sabendo que o prejuízo poderia ter sido maior, a torcida do Chelsea vaiou a equipe. Geovanni fez uma partida muito boa pelo Hull, organizando o meio campo com muita inteligência e confiança. Ao ser substituído, deu para perceber a preocupação do técnico Phil Brown em dar ao brasileiro alguma explicação.

Blackburn 0 x 2 Aston Villa
Com a vitória, o time de Martin O’Neill roubou o terceiro lugar do Chelsea. Milner e Agbonlahor fizeram os gols que deixam o Aston Villa mais forte na briga pela Champions e – por que não? – pelo campeonato.


Martin O’Neill e seu time redondinho estão chegando (foto Reuters)

Manchester City 1 x 0 Middlesbrough
O jogo poderia ter sido 3 x 1 para o Boro, com três de Afonso Alves, mas o brasileiro desperdiçou (com grandes defesas do novo goleiro do City Shay Given). No 2º tempo, foi o City quem marcou com Bellamy. Robinho. mais uma vez, esteve apagado.


Bellamy resolveu de novo. Robinho sumiu de novo (foto Reuters)

Everton 3 x 0 Bolton
Com moral depois da vitória sobre o Liverpool no meio da semana pela FA Cup, o Everton teve uma estreia inspirada de Jô. O brasileiro perdeu dois gols feitos antes, mas depois marcou seus dois primeiros gols pelo time azul de Liverpool.


Jô estreou bem. Vai continuar assim? (foto AP)

Sunderland 2 x 0 Stoke City
Jones e Healy aliviaram um pouco o risco do rebaixamento.

West Bromwich 2 x 3 Newcastle
Sem a presença de Joe Kinnear no banco – o técnico passou mal pela manhã e foi encaminhado para um hospital -, o Newcastle venceu a primeira partida em sete jogos.

Wigan Athletic 0 x 0 Fulham
Sem Heskey e Palacios (negociados com Aston Villa e Tottenham respectivamente) e com a estreia de N’Zogbia (ex-Newcastle) o Wigan não saiu do zero contra o Fulham.

 

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009 Sem categoria | 07:51

ENTRE OS 32

Compartilhe: Twitter


Foi fácil, mas Felipão chegou a sentir o friozinho na barriga (foto AP)

Durou meia hora o pesadelo de Felipão ontem na neblina de Southend-on-Sea. Sua equipe, pela quinta vez consecutiva, levou um gol em cruzamentos na área, aos 16′ do 1º tempo. O empate veio a alguns segundos do intervalo, com Ballack. Durante esses 30 minutos, era possível perceber pelo semblante um Felipão incrédulo. No sistema de divisões do futebol inglês, o Southend situa-se 56 posições abaixo do Chelsea (3ª divisão).

Mas na segunda etapa, a bola começou a entrar e os Blues (jogando de amarelo) marcaram com Kalou, Anelka e Lampard.

Drogba nem viajou com o time. Felipão disse que já deu chances a Drogba de mostrar seu futebol e agora vai escalar quem estiver melhor.

O prejuízo maior ficou por conta da contusão de Joe Cole (torção no joelho). O meia deve ficar algumas semanas de fora da equipe. Logo ele, que reclamou tanto que vivia sendo subtituído. Posse de bola do Chelsea na partida 81% (acho que é um recorde, não?)

* * * * *

Mais um vexame do Newcastle. Depois de provocar o replay contra o Hull, o time do técnico Joe Kinnear perdeu por 1 x 0 em St. James’ Park para um adversário com OITO reservas. O gol do Hull foi de Daniel Cousin aos 36′ do 2º. Kinnear e o técnico Phil Brown foram expulsos por discutirem na lateral do gramado e acabaram de ver o jogo das tribunas do estádio. Michael Owen perdeu três chances claras de marcar.

 

Autor: Tags: , , ,

domingo, 11 de janeiro de 2009 Sem categoria | 18:54

AH, NÃO, FELIPÃO!

Compartilhe: Twitter


Vidic abriu a porteira (foto AP)

MANCHESTER UNITED 3 x 0 CHELSEA
Vitória retumbante dos Red Devils. No primeiro tempo, o jogo até que foi equilibrado, por pouco a partida não vira empatada. Só não dá para dizer que o Manchester teve sorte ao fazer o gol no finalzinho do 10 tempo porque conseguiu marcar duas vezes na mesma cobrança de escanteio. Um gol de Cristiano Ronaldo foi anulado e outro, de Vidic, não.
No segundo tempo, as coisas mudaram. Talvez pressionado pelos comentários na Inglaterra de que beneficia Deco, e pela choradeira de Joe Cole ao ser sempre substituído, Felipão colocou Anelka no lugar do luso-brasileiro. Pouco adiantou, depois de uns quinze minutos de futebol um pouco superior ao Manchester, o Chelsea se desencontrou e cedeu o segundo gol. Aí ficou fácil. Mourinho nas tribunas assistiu a partida e, presumo, que deve ter segurado o sorriso ao ver o terceiro gol dos Red Devils, de Berbatov. O saldo de Felipão nos confrontos contra os grandes na Inglaterra agora é de um ponto em 12 disputados.


Mourinho feliz da vida, só faltou levantar o
cartaz escrito “EU SABIA” (foto Reuters)

WIGAN 1 x 0 TOTTENHAM
Jermain Defoe fez sua reestreia pelos Spurs e não conseguiu dar um chute a gol. E para piorar as coisas, o gol do Wigan foi aos 46’do 2º tempo. O hondurenho Maynor Figueroa fez seu primeiro gol pelo clube. Com isso, o Wigan vence pela quinta vez consecutiva em casa e somente Manchester United e Aston Villa conseguiram fazer mais pontos nas últimas seis rodadas (16 x 15).
Quanto ao Tottenham, apesar da boa perfomance nas copas, o time não consegue deslanchar no Inglês e continua na zona de rebaixamento. Redknapp já começou a perder a paciência e ontem mandou uma mensagem não tão cifrada assim para o elenco: “Você pode confiar cegamente em Ledley [King], em [Jonathan] Woodgate, em [Michael] Dawson, [Didier] Zokora, [Jamie] O’Hara. Você pode confiar cegamente neles.” A frase parou por aí. O resto de elenco que se cuide.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008 Sem categoria | 09:16

PARANÓIA OU CONSPIRAÇÃO

Compartilhe: Twitter


Van Persie e Fabregas comemoram a improvável vitória (foto AP)

CHELSEA 1 x 2 ARSENAL
Ontem teve clássico também em Londres, só que um clássico mais moderno, sem tanta tradição. E deu Arsenal, de virada. Já vimos esse filme antes. Quando pensamos que o Arsenal vai engrenar, ele desaba. E quando achamos que vai afundar, ele surpreende. Para azar do Felipão, isso aconteceu de novo. E com requintes de crueldade já que o Chelsea fez um belo primeiro tempo e saiu na frente. Na segunda etapa, um gol impedido de Van Persie mudou a partida. Os Gunners cresceram e chegaram à vitória novamente com Van Persie.

Outros técnicos também reclamam de arbitragem, mas a choradeira de Felipão depois do jogo foi constrangedora. O brasileiro queria receber um pedido de desculpas do árbitro, sugeriu que os erros (houve um outro impedimento mal marcado contra o Chelsea no 1º tempo) foram propositais… Toda esse drama virou motivo de chacota na imprensa inglesa. O Guardian, por exemplo, diz que Felipão acredita em uma conspiração contra o Chelsea e o chama de paranóico. Menos, né, Felipão! 

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 27 de novembro de 2008 Sem categoria | 12:14

A RODADA INGLESA DA CHAMPIONS

Compartilhe: Twitter

A rodada foi tranquila para Liverpool, Man United e Arsenal. Todos estão classificados sem traumas. Já para o Chelsea, a coisa não está muito confortável. Em uma competição de grupos, um time milionário como este ficar dependendo de um empate na última rodada para se classificar não é bom sinal. É muito provável que vençam o Cluj, mas sabe como é futebol, tem dia que a bola não quer entrar. Felipão aparentemente declarou que volta para o Brasil se seu time se classificar, mas foi só aparentemente. A tradução literal de sua frase diz: ‘Se eu achasse que meu time não tem qualidade de vencer (o Cluj) em casa, seria melhor voltar de vez para o Brasil”. Quer dizer, ele acha que o time tem qualidade para vencer, qualquer ser humano também acha. Portanto, mesmo que perca, ele não pedirá demissão.

A situação dos Blues é a seguinte:

> Se vencer está classificado.
> Se perder ou empatar, precisa torcer para o Bordeaux não vencer a Roma, na Itália.

BORDEAUX 1 x 1 CHELSEA
Anelka marcou e Diarra empatou aos 38’ do 2o. Lampard expulso. Too bad.


Ah, Felipão… Vê lá o que você vai aprontar na última rodada

LIVERPOOL 1 x 0 MARSEILLE
Gerrard, de cabeça.


Ê, Mascherano… é mesmo uma moça!

VILLARREAL 0 x 0 MANCHESTER UNITED


Cristiano Ronaldo no jogo de compadre na Espanha

ARSENAL 1 x 0 DÍNAMO DE KIEV
O grosso Bendtner entrou para marcar o gol da vitória no final. Ele até tentou perder o gol, mas acertou o chute, aos 42’ do 2o.


Gallas, envergonhado das bobagens que disse durante a semana

(Fotos AP)

Autor: Tags: ,

segunda-feira, 10 de novembro de 2008 Sem categoria | 01:21

HAPPY BIRTHDAY, BIG PHIL

Compartilhe: Twitter


And to Big Phil nothing, everything… (foto AP) 

BLACKBURN 0 x 2 CHELSEA
De baixo de chuva, Anelka garantiu um feliz aniversário para Felipão, que completou ontem 60 anos, e também a liderança da Premiership. No primeiro gol, o francês contou com a sorte. O chute de Bonsingwa desviou nele e entrou. No segundo, Anelka teve calma e categoria para colocar por cima do goleiro Paul Robinson, que, aliás, pegou muito durante a partida.

 

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 5 de novembro de 2008 Sem categoria | 09:33

DEU PAU NO CHELSEA

Compartilhe: Twitter

Nossa, deu pau na defesa do Chelsea. A zaga, que pode se gabar de ter tomado apenas quatro gols no campeonato inglês em 11 jogos, ontem levou três. Pelo menos dois deles de maneira infantil. Particularmente Obi Mikel não estava numa noite feliz. Para piorar as coisas, Deco levou um vermelhinho no final, em uma desses acessos de exibicionismo de árbitro. Na coletiva depois do jogo, Felipão soltou os cachorros para cima da sua equipe.

Cinco brasileiros começaram o jogo de ontem. No final da partida, nada menos que oito estavam em campo na partida – pelo Chelsea, Alex, Deco, Belletti, e pela Roma, Doni, Juan, Cicinho, Taddei e Julio Baptista.

Vucinic faz o gol para o desespero de Alex (foto AP)

Autor: Tags: , , , , ,

domingo, 2 de novembro de 2008 Sem categoria | 10:28

23 MINUTOS DE GOLS…

Compartilhe: Twitter

Chelsea 5 x 0 Sunderland
… e liderança recuperada. Com o primeiro gol aos 27’ do 1º tempo e o quinto aos 8 do 2º, o Chelsea passou fácil pelo Sunderland. Parece que uma marca registrada da equipe neste ano será essa a abundância de gols. Já são 27 em 11 jogos, o melhor ataque do campeonato. Mas a defesa também não fica atrás. Sofreu apenas quatro gols até agora. O brasileiro Alex fez o primeiro do Chelsea e faria o segundo também se o fominha Anelka não se intrometesse. Lampard, de cabeça, marcou seu 100º gol na Premier League (contando seus gols pelo West Ham).

Anelka, o artilheiro dos jogos fáceis, fez três (foto Getty Images)

Mineiro fez sua estréia com a camisa do Chelsea.
Quem diria? Mineiro no Chelsea. Mineiro no Chelsea!
Sério, não consigo acreditar

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última